Rhodococcus: Gênero de bactérias da ordem ACTINOMYCETALES.Rhodococcus equi: Espécie de RHODOCOCCUS encontrada no solo, adubo herbívoro e no trato intestinal de vacas, cavalos, ovelhas e porcos. Causa broncopneumonia em potros e pode ser responsável pela infecção de humanos comprometidos por farmacoterapia imunossupressora, linfoma ou AIDS.Infecções por Actinomycetales: As infecções por bactérias da ordem ACTINOMYCETALES.Biodegradação Ambiental: Eliminação de POLUENTES AMBIENTAIS, PRAGUICIDAS e outros resíduos usando organismos vivos, geralmente envolvendo intervenção de engenheiros ambiental ou saneamento.Dioxigenases: Enzimas não heme contendo ferro e que incorporam dois átomos de OXIGÊNIO ao substrato. São importantes na biossíntese de FLAVONOIDES, GIBERELINAS e HIOSCIAMINAS e na degradação dos HIDROCARBONETOS AROMÁTICOS.Doenças dos Cavalos: Doenças dos cavalos domésticos e selvagens da espécie Equus caballus.Oxigenases: Oxidases que especificamente introduzem átomos de oxigênio derivados de dioxigênio em uma variedade de moléculas orgânicas.Microbiologia do Solo: Presença de bactérias, vírus, e fungos no solo. A expressão não se restringe a organismos patogênicos.Cavalos: Grandes mamíferos com cascos da família EQUIDAE. Cavalos são ativos dia e noite, com a maior parte do dia sendo gasta com a procura e consumo de alimento. Os picos de alimentação ocorrem no início da manhã e ao fim da tarde, e há diversos períodos diários de descanso.Nocardia: Gênero de bactérias Gram-positivas aeróbias cujas espécies são amplamente distribuídas, sendo abundantes no solo. Algumas linhagens são patógenos oportunistas para o ser humano e outros animais.Dados de Sequência Molecular: Descrições de sequências específicas de aminoácidos, carboidratos ou nucleotídeos que apareceram na literatura publicada e/ou são depositadas e mantidas por bancos de dados como o GENBANK, European Molecular Biology Laboratory (EMBL), National Biomedical Research Foundation (NBRF) ou outros repositórios de sequências.Poluentes do Solo: Substâncias que poluem o solo. Use para poluentes do solo em geral ou para aqueles que não tenham um título específico.DNA Bacteriano: Ácido desoxirribonucléico que forma o material genético de bactérias.Alcanos: O nome genérico para o grupo de hidrocarbonetos alifáticos Cn-H2n+2. São denominados pelo sufixo -ano.Análise de Sequência de DNA: Processo de vários estágios que inclui clonagem, mapeamento físico, subclonagem, determinação da SEQUÊNCIA DE DNA e análise de informação.Actinomycetales: Ordem de BACTÉRIAS Gram-positivas (principalmente aeróbicas) que tendem a formar filamentos ramificados.Nocardiaceae: Família de actinomicetos Gram-positivos aeróbios que são encontrados no solo e em tecido animal. Algumas espécies são causadoras de infecção no homem e animais.Hidroliases: Enzimas que catalisam a quebra de uma ligação carbono-oxigênio, levando a formação de produtos insaturados pela via de eliminação de água.Simazina: Herbicida de triazina.Catecol 1,2-Dioxigenase: Enzima que cataliza a oxidação de catecol a ácido mucônico utilizando Fe3+ como co-fator. Esta enzima foi anteriormente caracterizada como EC 1.13.1.1 e EC 1.99.2.2.Gordonia (Bactéria): Gênero de BACTÉRIAS (família Gordoniaceae) Gram-positivas, isoladas do solo e da saliva de pacientes com desordens torácicas. Também utilizadas na biotransformação de produtos naturais.Ácidos MicólicosClorofenóis: Fenóis substituídos por um ou mais átomos de cloro em qualquer posição.PropanoPetróleo: Hidrocarbonetos líquidos e complexos, de ocorrência natural, que após destilação permitem obter combustíveis, compostos petroquímicos e lubrificantes.Genes Bacterianos: Unidades hereditárias funcionais das BACTERIAS.RNA Ribossômico 16S: Constituintes da subunidade 30S dos ribossomos procarióticos contendo 1600 nucleotídeos e 21 proteínas. O RNAr 16S encontra-se envolvido no início da síntese polipeptídica.Atrazina: Herbicida seletivo de triazina . O risco da inalação é baixo e não há manifestações aparentes na pele ou outra toxicidade em humanos. Rebanhos de ovinos e bovinos com envenenamento agudo podem apresentar espasmos musculares, fasciculações, rigidez na marcha, aumento da taxa respiratória , degeneração adrenal, congestão pulmonar, hepática e renal. (Tradução livre do original: The Merck Index, 11th ed)Colatos: Sais e ésteres do ÁCIDO CÓLICO.