Povidona-Iodo: Polímero polivinílico iodado utilizado como antisséptico tópico em cirurgias e em infecções de pele, mucosas e também como aerosol. O iodo pode ser radiomarcado para propósitos de pesquisas.Anti-Infecciosos Locais: Substâncias, usadas nos seres humanos e em outros animais, que destroem microrganismos prejudiciais ou inibem sua atividade. São diferentes dos DESINFETANTES que são usados em objetos inanimados.Iodóforos: Complexos de iodo e TENSOATIVOS não iônicos que atuam como transportador e solubilizante do iodo na água. Os iodóforos geralmente aumentam a atividade bactericida do iodo, reduzem a pressão de vapor e odor, minimizam as manchas, e permitem diluição ampla com a água. (Tradução livre do original: Merck Index, 11th ed)Antissepsia: Destruição dos germes causando doença.Povidona: Polímero polivinílico de peso molecular variável. Utilizada como agente para suspensão e dispersão e serve de veículo para produtos farmacêuticos. Também é utilizada como dilatador do volume sanguíneo.2-Propanol: Isômero do 1-PROPANOL. Apresenta-se como um líquido incolor com propriedades desinfetantes. É utilizado na manufatura da acetona e seus derivados e como solvente. Topicamente, é utilizado como antisséptico.Clorexidina: Desinfetante e anti-infeccioso tópico também utilizado como antisséptico bucal para prevenir a placa dentária.Noxitiolina: Antibacteriano local que atua provavelmente pela liberação de formaldeído em solução aquosa. É utilizado para IRRIGAÇÃO TERAPÊUTICA de cavidades do corpo infectadas - bexiga, peritônio, etc., e como spray em queimaduras.Oftalmia Neonatal: A inflamação aguda da conjuntiva no recém-nascido, normalmente causada por uma infecção gonocócica materna. O agente causal é a NEISSERIA GONORRHOEAE. Os olhos do bebê são contaminados durante a passagem pelo canal de parto.Infecções Oculares: As infecções, moderadas a graves, causadas por bactérias, fungos ou vírus, que ocorrem tanto na superfície externa do olho ou dentro do olho com inflamação provável, prejuízo visual e cegueira.Infecção da Ferida Operatória: As infecções que ocorrem no local da incisão cirúrgica.Iodo: Elemento não metálico do grupo dos halogênios, representado pelo símbolo atômico I, número atômico 5 e peso atômico 126,90. É um elemento essencial na nutrição, sendo especialmente importante para a síntese de hormônios tireoidianos. Em solução, apresenta propriedades anti-infecciosas e é usado topicamente.Nitrato de Prata: Sal prateado com poderosa atividade germicida. Tem sido utilizado topicamente para prevenir a OFTALMIA NEONATAL.Natamicina: Antibiótico antifúngico macrolídeo anfotérico obtido da Streptomyces natalensis ou do S. chattanoogensis. É utilizado para uma variedade de infecções por fungos, na maioria das vezes topicamente.Benzoilarginina Nitroanilida: Substrato cromogênico que permite a quantificação direta da atividade da hidrolase peptídica, p.ex., papaína e tripsina, por colorimetria. O substrato libera p-nitroanilina como um produto cromogênico.Desinfetantes: Substâncias usadas nos objetos inanimados, que destroem os microrganismos prejudiciais ou inibem sua atividade. Os desinfetantes são classificados como completos, que destroem os ESPOROS e as formas vegetativas dos microrganismos, e incompletos, os que destroem somente as formas vegetativas dos organismos. São diferenciados dos ANTISSÉPTICOS, que são agentes anti-infecciosos locais usados nos humanos e em outros animais. (Tradução livre do original: Hawley's Condensed Chemical Dictionary, 11th ed)Infecções Oculares Bacterianas: As infecções no olho interno ou externo causadas por micro-organismos que pertencem a várias famílias de bactérias. Alguns dos gêneros mais frequentemente encontrados são Haemophilus, Neisseria, Staphylococcus, Streptococcus e Chlamydia.Infecção dos Ferimentos: A invasão do local de trauma por microrganismos patogênicos.1-Propanol: Líquido incolor produzido pela oxidação de hidrocarbonetos alifáticos que são utilizados como solventes e reagentes intermediários.