Pentetato de Tecnécio Tc 99m: Agente de imageamento de tecnécio utilizado na cintilografia renal, tomografia computadorizada, imagem da ventilação pulmonar, cintilografia gastrointestinal e muitos outros procedimentos que empregam agentes de radionuclídeos de imagem.Tecnécio: Primeiro elemento produzido artificialmente e um produto radioativo da fissão do URÂNIO. Tecnécio apresenta o símbolo atômico Tc, número atômico 43 e peso atômico 98,91. Todos os isótopos de tecnécio são radioativos. Tecnécio 99m (m=metaestável), que é um produto da desintegração do Molibdênio 99, apresenta uma meia-vida de aproximadamente 6 horas e é utilizado em diagnósticos como um agente radioativo de imagem. O tecnécio 99, que é um produto da desintegração do tecnécio 99m, tem uma meia-vida de 210.000 anos.Ácido Dietil-Iminodiacético Tecnécio Tc 99m: Radiofármaco atóxico utilizado na avaliação clínica dos distúrbios hepatobiliares em humanos.Lidofenina Tecnécio Tc 99m: Radiofármaco atóxico utilizado em CINTILOGRAFIA para a avaliação clínica dos distúrbios hepatobiliares em humanos.Coloide de Enxofre Marcado com Tecnécio Tc 99m: Composto de cintilografia emissor de raios gama utilizado no diagnóstico de doenças em inúmeros tecidos, particularmente no sistema gastrointestinal, fígado e baço.Medronato de Tecnécio Tc 99m: Agente radionuclídeo de imageamento gama-emissor utilizado principalmente na cintilografia do esqueleto. Devido a sua absorção por inúmeros tumores, é útil na detecção de neoplasias.Disofenina Tecnécio Tc 99m: Radiofármaco utilizado extensivamente na colecintilografia para a avaliação dos distúrbios hepatobiliares.Pirofosfato de Tecnécio Tc 99m: Composto de cintilografia, utilizado principalmente na cintilografia ou tomografia cardíaca para avaliar a extensão do processo necrótico na musculatura cardíaca. Foi também utilizado em testes não invasivos para a distribuição do envolvimento dos órgãos em diferentes tipos de amiloidoses e para a avaliação da necrose muscular das extremidades.Agregado de Albumina Marcado com Tecnécio Tc 99m: Agente radionuclídeo de imageamento gama-emissor utilizado no diagnóstico de doenças em muitos tecidos, particularmente na circulação cerebral e cardiovascular.Compostos de Tecnécio: Compostos inorgânicos que contêm TECNÉCIO como parte integral da molécula. Tecnécio 99m (m=metaestável) é um isótopo de tecnécio que apresenta uma meia-vida de aproximadamente 6 horas. O Tecnécio 99 que tem uma meia-vida de 210.000 anos é um produto da desintegração do tecnécio 99m.Compostos de Organotecnécio: Compostos orgânicos que contêm tecnécio como parte integral da molécula. Estes compostos são frequentemente utilizados como radionuclídeo nos agentes de imageamento.Estanho: Oligoelemento importante para a formação óssea. Possui símbolo atômico Sn, número atômico 50 e peso atômico 118,71.Tecnécio Tc 99m Exametazima: Agente de CINTILOGRAFIA emissor de radiação gama utilizado na avaliação do fluxo sanguíneo regional cerebral e em estudos não invasivos da dinâmica da biodistribuição e em IMAGEM DE PERFUSÃO DO MIOCÁRDIO. Tem sido utilizado como marcador de leucócitos em pesquisa sobre DOENÇAS INFLAMATÓRIAS INTESTINAIS.Tecnécio Tc 99m Sestamibi: Agente de imagem tecnécio utilizado para revelar o tecido cardíaco com pouco sangue durante o ataque cardíaco.Ácido Dimercaptossuccínico Tecnécio Tc 99m: Radiofármaco não tóxico utilizado no diagnóstico por imagem do córtex renal.Tecnécio Tc 99m Mertiatida: Tecnécio auxiliar de diagnóstico utilizado na determinação da função renal.Cintilografia: Produção de uma imagem obtida por câmeras que detectam as emissões radioativas de um radionuclídeo injetado distribuído diferencialmente ao longo de tecidos no corpo. A imagem obtida de um detector em movimento é chamada de varredura, enquanto a imagem obtida de uma câmera estacionária é chamada de cintifotografia.Pertecnetato Tc 99m de Sódio: Composto de cintilografia emissor de raios gama utilizado no diagnóstico de doenças em inúmeros tecidos, particularmente no sistema gastrointestinal, cardiovascular e circulação cerebral, cérebro, tireoide e articulações.Compostos Radiofarmacêuticos: Compostos usados na medicina como fontes de radiação para radioterapia e para fins diagnósticos. Apresentam vários usos na pesquisa e na indústria.Oximas: Compostos que contêm o radical R2C=N.OH derivado da condensação de ALDEÍDOS ou CETONAS com HIDROXILAMINA. Membros deste grupo são REATIVADORES DA COLINESTERASE.Inclusões Eritrocíticas: Inclusões de caráter patológico encontradas nos eritrócitos.Polifosfatos de Estanho: Poli ou pirofosfatos de estanho. Em conjunto com o tecnécio radioativo, esses compostos são utilizados como agentes para o escaneamento ósseo e em cintilografia para o diagnóstico do infarte do miocárdio e cerebral.Difosfatos: Sais inorgânicos do ácido fosfórico que contêm dois grupos fosfato.Poluentes Radioativos do Solo: Poluentes, presentes no solo, que exibem radioatividade.Compostos de Estanho: Compostos inorgânicos que contêm estanho como parte integral da molécula.Corantes de Rosanilina: Compostos que contêm a estrutura trifenilmetano anilina encontrada na rosanilina. Muitas delas apresentam uma coloração magenta característica e são utilizadas como AGENTES CORANTES.Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único: Método de tomografia computadorizada que utiliza radionuclídeos que emitem um fóton único de uma dada energia. A câmera faz uma rotação de 180 ou 360 graus em volta do paciente para captar imagens de múltiplas posições ao longo do arco. O computador é então utilizado para reconstruir as imagens transaxiais, sagitais e coronais de uma distribuição tridimensional de radionuclídeos no órgão. As vantagens do SPECT são que ele pode ser usado para observar processos bioquímicos e fisiológicos assim como o tamanho e volume do órgão. A desvantagem é que, diferente da tomografia por emissão de pósitrons onde a destruição do elétron positivo resulta na emissão de 2 fótons a 180 graus um do outro, o SPECT requer colimação física para alinhar os fótons, que resulta na perda de muitos fótons disponíveis e consequentemente, degrada a imagem.Marcação por Isótopo: Técnicas para marcação de uma substância com um isótopo estável ou radioativo. Não é utilizada para condições envolvendo substâncias marcadas a menos que o método de marcação seja substancialmente discutido. Os traçadores que podem ser marcados incluem substâncias, células ou microrganismos.Ácido Etidrônico: Difosfonato que afeta o metabolismo de cálcio. Inibe a calcificação ectópica e retarda a reabsorção e a reorganização óssea.Açúcares ÁcidosFosfinas: Compostos inorgânicos ou orgânicos derivados da fosfina (PH3) pela substituição dos átomos de hidrogênio.Rênio: Elemento químico de número atômico 75, peso atômico 186,2 e símbolo Re. (Dorland, 28a ed)Distribuição Tecidual: Acúmulo de uma droga ou substância em vários órgãos (inclusive naqueles não relevantes para sua ação farmacológica ou terapêutica). Essa distribuição depende do fluxo sanguíneo ou da taxa de perfusão do órgão, da capacidade de a droga permear membranas de órgãos, da especificidade do tecido, da ligação a proteínas. A distribuição geralmente é expressa como razão tecido / plasma.Radioimunodetecção: Uso de anticorpos marcados radioativamente para diagnóstico por imagem de neoplasias. Anticorpos antitumorais são rotulados com diversos radionuclídeos incluindo iodo-131, iodo 123, índio-111 ou tecnécio-99m e injetados no paciente. As imagens são obtidas por uma câmera de cintilação.Nitrilos: Compostos orgânicos que contêm o radical -CN. O conceito pode ser distinguido dos CIANETOS, que denota os sais inorgânicos do CIANETO DE HIDROGÊNIO.Radioisótopos: Isótopos que exibem radioatividade e que sofrem decomposição radioativa.Radioisótopos de Xenônio: Isótopos de xenônio instáveis que se decompõem ou desintegram emitindo radiação. Átomos de xenônio com pesos atômicos de 121-123, 125, 127, 133, 135, 137-145 são radioisótopos de xenônio.Compostos Organometálicos: Classe de compostos do tipo R-M, em que o átomo C está ligado diretamente a qualquer outro elemento que não o H, C, N, O, F, Cl, Br, I ou At.Biópsia de Linfonodo Sentinela: Procedimento diagnóstico usado para determinar se ocorreu METÁSTASE LINFÁTICA. O linfonodo sentinela é o primeiro linfonodo a receber drenagem de uma neoplasia.Esvaziamento Gástrico: Evacuação do alimento [contido] no estômago para o duodeno.Compostos Organofosforados: Compostos orgânicos que contêm fósforo como parte integral da molécula. Incluído sob este descritor há uma vasta amplitude de compostos sintéticos que são utilizados como PESTICIDAS e FÁRMACOS.Coração: Órgão muscular, oco, que mantém a circulação sanguínea.