Medicina Tradicional Chinesa: Sistema de medicina tradicional que é baseada nas crenças e práticas da cultura chinesa.Medicina Individualizada: Abordagem terapêutica que adapta terapia para subgrupos de pacientes definidos geneticamente.Medicina Interna: Especialidade médica voltada para o diagnóstico e tratamento das doenças dos sistemas de órgãos internos dos adultos.Medicina Nuclear: Especialidade, dentro da radiologia, voltada para o uso diagnóstico, terapêutico e investigativo de formulações farmacêuticas radioativas.Medicina Tradicional: Sistemas de medicina baseados em crenças culturais e práticas passadas de geração a geração. O conceito inclui rituais místicos e mágicos (TERAPIAS ESPIRITUAIS), FITOTERAPIA e outros tratamentos que podem não ser esclarecidos pela medicina atual.Medicina Kampo: Sistema de medicina herbária praticada no Japão por herbalistas e praticantes da medicina moderna. Kampo se originou na China e é baseada na medicina herbária chinesa (MEDICINA TRADICIONAL CHINESA).Medicina: Arte e ciência de estudar, pesquisar, prevenir, diagnosticar e tratar doenças, bem como de manter a saúde.História da MedicinaMedicina Clínica: Estudo e prática da medicina por exame direto do paciente.Medicamentos de Ervas Chinesas: Extratos de ervas ou plantas chinesas usadas como drogas para tratar doenças ou para promover bem-estar geral. Não inclui os compostos sintéticos preparados na China.Medicina Regenerativa: Campo da medicina dedicado ao desenvolvimento e utilização de estratégias destinadas a reparar ou substituir órgãos, tecidos e células lesionados, doentes ou deficientes metabolicamente, através da ENGENHARIA TECIDUAL, TRANSPLANTE DE CÉLULAS, ÓRGÃOS ARTIFICIAIS e ÓRGÃOS BIOARTIFICIAIS e tecidos.Medicina de Emergência: Ramo da medicina envolvido com a avaliação e tratamento inicial de problemas médicos de urgência e emergência, como os causados por acidentes, traumas, doenças súbitas, envenenamentos ou desastres. A assistência médica de emergência pode ser fornecida em hospital ou em locais fora de instalações médicas.Medicina Baseada em Evidências: Abordagem da prática médica que tem o objetivo de melhorar e avaliar o cuidado com o paciente. Necessita de integração crítica das melhores evidências em pesquisa com os valores dos pacientes para tomar decisão sobre cuidado médico. Este método é usado para auxiliar os médicos a fazer diagnósticos apropriados, construir a melhor bateria de testes, escolher o melhor tratamento e metodologia para a prevenção de doença, bem como desenvolver orientações para grupos grandes de pacientes com a mesma doença. (Tradução livre do original: JAMA 296 (9), 2006)Medicina Ayurvédica: Sistema de medicina tradicional hindu que é baseada em costumes, crenças e práticas da cultura hindu. Ayurveda significa "ciência da vida": veda - ciência, ayur - vida.Terapias Complementares: Todas as terapias podem ser consideradas complementares e/ou alternativas. Tanto a terapia tradicional quanto as demais podem prescindir de outras terapias atuando individualmente; neste caso a eleita será a terapia alternativa de tratamento. Quando todas elas, ao necessitarem do auxílio de outras, são consideradas terapias complementares.Medicina Integrativa: Disciplina que abrange a combinação da MEDICINA ALOPÁTICA e a MEDICINA ALTERNATIVA para conhecer os aspectos biológicos, psicológicos, sociais e espirituais da saúde e da doença.Medicina Osteopática: Disciplina médica baseada na filosofia de que todos os sistemas do corpo são inter-relacionados e dependentes uns dos outros para a saúde [manutenção do estado saudável]. Esta filosofia, desenvolvida em 1874 pelo Dr. Andrew Taylor Still, reconhece o conceito de bem estar e a importância de tratar a doença no contexto do corpo inteiro. Atenção especial é dispendida ao SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO.Medicina Esportiva: Campo da medicina voltado para a forma física e para o diagnóstico e tratamento das lesões advindas com a prática de exercício e atividades esportivas.Internato e Residência: Programas de treinamento em medicina e especialidades médicas oferecidos por hospitais para graduados em medicina para ir de encontro às exigências estabelecidas por autoridades competentes.Medicina Tradicional Africana: Sistema de medicina tradicional que é baseado em crenças e práticas do povo africano. Abrange tratamentos por plantas medicinais e outras substâncias medicamentosas, bem como pelo auxílio de divindades, curandeiros, bruxos ou feiticeiros.Medicina Física e Reabilitação: Especialidade médica voltada para o uso de agentes físicos, de aparelhos mecânicos, e de manipulação para reabilitação de pacientes com doenças ou lesões físicas.Medicina do Trabalho: Especialidade da medicina que trata da promoção e manutenção da saúde física e mental de trabalhadores em seu local de trabalho.Medicina Veterinária: Ciência médica voltada para a prevenção, diagnóstico, e o tratamento de doenças em animais.Fitoterapia: Uso de plantas e ervas para tratar doenças ou aliviar dores.National Library of Medicine (U.S.): Agência do NATIONAL INSTITUTES OF HEALTH (U.S.) envolvida com o planejamento global, promoção e administração de programas pertinentes ao avanço das ciências médicas e relacionadas. A maioria de suas atividades inclui a coleção, disseminação e troca de informação importante para o progresso da medicina e da saúde, pesquisa em informática médica e apoio para o desenvolvimento de biblioteca médica.Medicamentos Essenciais: Drogas consideradas essenciais para atingir as necessidades de saúde de uma população bem como para controlar custos dessas drogas.Medicina Ambiental: Especialidade médica voltada para os fatores ambientais que podem desencadear (impinge) doenças humanas, e para o desenvolvimento de métodos para detectar, prevenir e controlar doenças relacionadas com o ambiente.Medicina Tradicional Coreana: Prática médica ou disciplina baseada no conhecimento, culturas e crenças de pessoas da COREIA.Escolas Médicas: Instituições educacionais para indivíduos em especialização no campo da medicina.Medicina Comunitária: Ramo da medicina voltado para a saúde total do indivíduo tanto no ambiente doméstico como na comunidade; com aplicação extensiva de cuidados de prevenção e tratamento na comunidade inteira.Medicina Tropical: Ramo da medicina voltado (concerned) para as doenças, principalmente de origem parasitária, comuns nas regiões tropicais e subtropicais.Educação Médica: Uso de artigos em geral que dizem respeito a educação médica.Currículo: Conjunto de estudos e práticas destinadas a que o aluno desenvolva plenamente suas possibilidades (Diccionario de la Real Academia de la Lengua Española). As matérias constantes de um curso (Dicionário Aurélio)Medicina Social: Ramo da medicina voltado para o papel de fatores socioambientais na ocorrência, prevenção e tratamento de doenças.História do Século XX: Período de tempo a partir de 1901 até 2000 da era comum.Religião e Medicina: A inter-relação entre a medicina e a religião.Medicina de Família e Comunidade: Especialidade médica voltada para a provisão contínua e integrada de cuidados primários de saúde para toda a família.Medicina do Sono: Especialidade médica que lida com o diagnóstico e tratamento de TRANSTORNOS DO SONO-VIGÍLIA e suas causas.Educação de Pós-Graduação em Medicina: Programas educacionais para graduados em medicina que ingressam em uma especialidade. Eles incluem treinamento convencional da especialidade bem como trabalho acadêmico nas ciências médicas básicas e clínicas e podem conduzir a uma certificação ou grau médico avançado.Competência Clínica: A capacidade de realizar aceitavelmente aqueles deveres diretamente relacionados ao cuidado de paciente.Docentes de Medicina: O pessoal de ensino e o pessoal administrativo que possui graduação acadêmica em uma escola de medicina.Medicina na Literatura: Trabalhos literários escritos ou de outra natureza cujo assunto é medico ou sobre a profissão da medicina e áreas relacionadas.Estudantes de Medicina: Indivíduos matriculados em uma escola de medicina ou em um programa de educação formal em medicina.Extratos Vegetais: Preparações farmacêuticas concentradas de plantas obtidas pela remoção dos constituintes ativos com um solvente adequado (que é eliminado por evaporação) e ajuste do resíduo [seco] a um padrão prescrito.Medicina Preventiva: Especialidade médica que lida principalmente com a prevenção da doença (PREVENÇÃO PRIMÁRIA) e promoção e preservação da saúde do indivíduo.Plantas Medicinais: Plantas cujas raizes, folhas, sementes, cascas ou outros constituintes possuem atividades terapêuticas, tônicas, purgativas, curativas ou outros atributos farmacológicos quando administradas a humanos ou outros animais.Medicina Defensiva: As alterações nas modalidades da prática médica, tornadas necessárias por ameaças de obrigações e responsabilidades, com o explícito propósito de prevenir ações judiciais pelos pacientes, bem como providenciar boa defesa legal no caso de serem instituídas tais ações judiciais.Filosofia MédicaMedicina Bucal: Ramo da odontologia que lida com doenças das estruturas orais e para-orais e o controle de doenças sistêmicas. (Tradução livre do original: Hall, What is Oral Medicine, Anyway? Clinical Update: National Naval Dental Center, March 1991, p7-8)Escolha da Profissão: Escolha do tipo de ocupação ou profissão.Medicina de Desastres: Ramo da medicina envolvido com o gerenciamento e organização da resposta da saúde pública a desastres e eventos importantes, como saúde especial e necessidades médicas de uma comunidade em um desastre. (Tradução livre do original: MeSH, 2008) Área do conhecimento médico que se ocupa da prevenção, resposta imediata, recuperação e reabilitação de pacientes com patologias adquiridas em circunstâncias de desastres. É uma atividade multidisciplinar e se relaciona com a saúde pública, medicina social, medicina de urgência, medicina preventiva,medicina militar, medicina do trabalho, planejamento hospitalar e de serviços, infectologia, pediatria, nutrologia, fisiatria, medicina de trauma, vigilância sanitária e ecologia humana, vigilância epidemiológica, saúde mental e assistência pré-hospitalar, entre outros ramos do conhecimento médico (Material III - Ministério da Ação Social, Brasília, 1992)História do Século XIX: Período de tempo a partir de 1801 até 1900 da era comum.Educação de Graduação em Medicina: O período da educação em medicina em uma escola médica. Nos Estados Unidos ele sucede ao grau de bacharelado e precede a admissão para o M.D. (Doctor of Medicine)Estados UnidosPreparações de Plantas: Material preparado de plantas para uso medicinal.Medicina Reprodutiva: Especialidade médico-cirúrgica voltada para a morfologia, fisiologia, bioquímica e patologia da reprodução no homem e em outros animais, e nos problemas biológicos, médicos e veterinários de fertilidade e de lactação. Inclui a indução da ovulação, diagnóstico de infertilidade e perdas repetidas de gravidez, e tecnologias de reprodução assistida como a transferência de embrião, a fertilização in vitro e a transferência intratubária de zigotos.Serviço Hospitalar de Medicina Nuclear: Serviço hospitalar responsável pela administração e organização de serviços de medicina nuclear.Saúde Holística: Saúde segundo a perspectiva de que os seres humanos e outros organismos funcionam como unidades completas e integradas e não um agregado de partes separadas.Atitude do Pessoal de Saúde: Atitudes do pessoal de saúde em relação a seus pacientes, a outros profissionais, em relação ao sistema de atendimento médico, etc.Homeopatia: Sistema terapêutico fundado por Samuel Hahnemann (1755-1843), baseado na Lei da Similitude onde "similar cura similar". As doenças são tratadas com substâncias altamente diluídas que causam, em pacientes sãos, sintomas como aqueles das doenças que se deseja tratar.Pesquisa Biomédica: Pesquisa que envolve a aplicação das ciências naturais, especialmente a biologia, fisiologia à medicina.Medicina na ArteQuestionários: Conjunto de perguntas previamente preparadas utilizado para a compilação de dados.Especialização: Ocupação limitada em escopo a uma subseção de um campo mais amplo.Centros Médicos Acadêmicos: Complexos médicos que consistem em escolas de medicina, hospitais, clínicas, bibliotecas, instalações administrativas, etc.Medicina do Comportamento: A área interdisciplinar voltada para o desenvolvimento e integração da ciência comportamental e biomédica, do conhecimento e técnicas relevantes para a saúde e doença e para a aplicação deste conhecimento e técnicas para a prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação.Preparações Farmacêuticas: Drogas dirigidas para uso humano ou veterinário, apresentadas em sua formulação final. Estão incluídos aqui os materiais usados na preparação e/ou na formulação final.Medicamentos sem Prescrição: Medicamentos que podem ser vendidos legalmente sem RECEITA MÉDICA.Avaliação Educacional: A avaliação das realizações acadêmica ou educacional. Inclui todos os aspectos de teste e construção de teste.Materia Medica: Materiais ou substâncias usados na composição de remédios da medicina tradicional. O uso desse termo no MeSH foi anteriormente restrito aos artigos históricos ou aos voltados para a medicina tradicional, mas também pode se referir a remédios homeopáticos. Os nosódios são tipos específicos de remédios homeopáticos preparados a partir de agentes causais ou produtos de doenças.Sociedades Médicas: Sociedades cuja associação é limitada aos médicos.Pneumologia: Subespecialidade da medicina interna voltada para o estudo do SISTEMA RESPIRATÓRIO. Está especialmente implicado com o diagnóstico e tratamento de doenças e defeitos dos pulmões e da árvore brônquica.Estágio Clínico: Programas educacionais em medicina para estudantes que não colaram grau para os estudantes dos segundo, terceiro e quarto anos em ciências da saúde, em que os estudantes recebem treinamento clínico e experiência em hospitais escola ou centros de saúde afiliados.História do Século XXI: Período de tempo a partir de 2001 até 2100 da era comum.Ética Médica: Princípios de conduta profissional própria relativos aos direitos e deveres do médico, relações com os pacientes e médicos da mesma categoria, assim como ações do médico no cuidado ao paciente e as relações interpessoais com a família do paciente.História do Século XVIII: Período de tempo a partir de 1701 até 1800 da era comum.Automedicação: Autoadministração de medicação que não tenha sido prescrita por um médico, ou de maneira não supervisionada por um médico.Médicos: Indivíduos autorizados a praticar medicina.Pesquisa: Investigação crítica e exaustiva ou experimentação, tendo por objetivo a descoberta de fatos novos e sua interpretação correta, a revisão de conclusões, teorias ou leis aceitas, à luz de fatos recentemente descobertos, ou a aplicação prática dessas conclusões, teorias ou leis novas ou revisadas.Coleta de Dados: Reunião sistemática de dados, com um objetivo específico, de várias fontes, incluindo questionários, entrevistas, observação, registros existentes e equipamentos eletrônicos.Medicina Arábica: Métodos da medicina tradicional árabe usados em medicina no MUNDO ÁRABE.História do Século XVII: Período de tempo a partir de 1601 até 1700 da era comum.Ensino: O processo educacional de instrução.Medicina Militar: A arte e a ciência da medicina, que inclui, em particular, cuidados críticos, cirurgia de emergência e traumatologia aplicadas em situações de feridos em massa, condições nas frentes de batalha e no atendimento às necessidades dos soldados.História Medieval: Período da história a partir do ano 500 até 1450 da era comum.Legislação de Medicamentos: Leis e regulamentos referentes à produção, dispensação e comercialização de medicamentos.Publicações Periódicas como Assunto: Publicação emitida em intervalos fixos, mais ou menos regulares. As revistas científicas constituem as principais publicações periódicas que publicam resultados de pesquisa.Relações Médico-Paciente: Interações entre médico e paciente.Interações Ervas-Drogas: O efeito das ervas, outras PLANTAS ou EXTRATOS DE PLANTAS sobre a atividade, metabolismo ou toxicidade das drogas.Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde: Conhecimento, atitudes e comportamentos associados, que fazem parte dos tópicos relacionados com a saúde, como doenças e PROCESSOS PATOLÓGICOS, sua prevenção e tratamento. Este termo refere-se a trabalhadores da área da saúde (PESSOAL DE SAÚDE) ou não.Venereologia: Ramo da medicina que lida com doenças transmitidas sexualmente.Naturopatia: Sistema de terapia sem medicação que faz uso das forças físicas como ar, luz, água, calor, massagem. Os tratamentos frequentemente têm orientação dietética e nutricional com atenção dada ao histórico pessoal do paciente e seu estilo de vida. (Tradução livre do original: Cassileth, Alternative Medicine Handbook, 1998, p329)Medicina Molecular: Campo da medicina envolvido com a compreensão da base bioquímica da saúde e da doença envolvida em métodos diagnósticos e terapêuticos que usam técnicas de BIOLOGIA MOLECULAR.Condutas na Prática dos Médicos: Condutas na prática médica relacionadas ao diagnóstico e tratamento de acordo com o custo do serviço requisitado e proporcionado.Prêmio NobelHistória do Século XV: Período de tempo a partir de 1401 até 1500 da era comum.Médicas: Mulheres autorizadas a praticar a medicina.Pediatria: Especialidade médica voltada para a manutenção da saúde e para a oferta de cuidados médicos às crianças desde o nascimento até a adolescência.Certificação: Cumprimento de um conjunto de padrões definidos por organizações não governamentais. A certificação é solicitada voluntariamente por indivíduos e quando obtida representa um status profissional, ex., a certificação para uma especialidade médica (NLM). Processo denominado também como acreditação profissional e que consiste em reconhecer a uma pessoa que preenche os requisitos de estudo e prática para o livre exercício profissional na área de responsabilidade, seja em nível de medicina geral, especializada, ou de qualquer área profissional ou técnica em saúde. Este processo se aplica a indivíduos que completaram sua formação de técnico de nível médio, nível superior, ou pós-título.Terapias Espirituais: Práticas místicas, religiosas ou espirituais feitas para beneficiar a saúde.Qi: A força vital no corpo, supostamente capaz de ser regulada pela acupuntura. Corresponde aproximadamente ao pneuma grego, ao spiritus em Latim e prana em indiano antigo. O conceito de sopro de vida ou de energia vital foi formulado como uma indicação da consciência do homem, originalmente direcionada externamente para a natureza ou sociedade, mas depois se tornou o eu interior ou vida interior.Canadá: Maior país na América do Norte, abrange 10 províncias e três territórios. Sua capital é Ottawa.História do Século XVI: Período de tempo a partir de 1501 até 1600 da era comum.Medicina Legal: Aplicação do conhecimento médico às perguntas da lei.Indústria Farmacêutica: O segmento de empresas comerciais dedicado ao projeto, desenvolvimento e fabricação de produtos químicos para uso no diagnóstico e tratamento de doenças, deficiências ou outras disfunções ou para melhorar as funções orgânicas e corporais.Geriatria: Ramo da medicina voltado para os aspectos fisiológicos e patológicos dos idosos, inclusive os problemas clínicos do envelhecimento e da senilidade.Médicos de Família: Médicos com atividade voltada para indivíduos, famílias e comunidade e que, independentemente de idade, sexo ou patologia do paciente, propõe-se a prestar-lhe uma assistência integral, contínua e personalizada, não interrompida nem mesmo quando necessário encaminhar o paciente a outros níveis de assistência.Farmácias: Instalações para a preparação e dispensação de drogas.Editoração: Negócio ou profissão da produção comercial e distribuição de literatura. Inclui o publicador, processo de publicação, edição e editores. A produção pode ser através de métodos de impressão convencionais ou publicação eletrônica.Terapia por Acupuntura: Tratamento de doenças por inserção de agulhas ao longo de vias específicas ou meridianos. A localização varia com a doença a ser tratada. Aquecimento (calor) ou moxibustão e acupressão podem ser usados em conjunto.Quimioterapia: Uso de MEDICAMENTOS para tratar uma DOENÇA ou seus sintomas. Um exemplo é o uso de ANTINEOPLÁSICOS para tratar o CÂNCER.Croácia: Criada em 7 de abril de 1992 como resultado da divisão da Iugoslávia.Pesquisas sobre Serviços de Saúde: Medidas estatísticas da utilização e outros aspectos da provisão de serviços de cuidado à saúde, incluindo hospitalização e cuidado ambulatorial.Papel do Médico: Função esperada de um profissional médico.Comunicação Interdisciplinar: Comunicação, no sentido de uma riqueza de ideias, envolvendo duas ou mais disciplinas acadêmicas (como as disciplinas que compreendem o campo interdisciplinar da bioética, incluindo a saúde e ciências biológica, humana, social e a lei). Também inclui os problemas na comunicação iniciando-se nas diferenças nos padrões de linguagem utilizados em diferentes disciplinas acadêmica ou médica.Tecnologia Radiológica: Aplicação de conhecimento científico ou tecnológico no campo de radiologia. O centro de aplicações geralmente é em volta de raio x ou radioisótopos, para fins diagnósticos ou terapêuticos mas as aplicações tecnológicas de qualquer radiação ou procedimento radiológico estão sob a competência da tecnologia radiológica.Etnobotânica: Estudo do conhecimento das plantas e dos costumes agrícolas de um povo. Nos campos da ETNOMEDICINA e ETNOFARMACOLOGIA, a ênfase está na medicina tradicional, na existência e usos medicinais das PLANTAS, EXTRATOS VEGETAIS e seus constituintes, tanto anteriormente como nos tempos modernos.Bolsas de Estudo: Recursos financeiros oferecidos por fundações ou instituições para pessoas estudarem; inclui ajuda de custo e estipêndio.Competência Profissional: A capacidade para executar os deveres de uma profissão em geral ou de executar uma tarefa profissional especial com habilidade de qualidade aceitável.Assistência à Saúde: Refere-se a todos os aspectos da provisão e distribuição de serviços de saúde a uma população.Serviços de Informação sobre Medicamentos: Serviços que fornecem informação e consultoria sobre drogas e produtos de uso terapêutico.Educação Médica Continuada: Programas educacionais destinados a informar os médicos sobre recentes avanços em seu campo.Acupuntura: Disciplina ocupacional dos métodos tradicionais Chineses de TERAPIA POR ACUPUNTURA para tratar doenças através da inserção de agulhas ao longo de vias ou meridianos específicos.Reino UnidoFarmacogenética: Ramo da genética que se ocupa da variabilidade genética das respostas individuais a drogas e metabolismo (BIOTRANSFORMAÇÃO) de drogas.Previsões: 1) Predição ou projeção da natureza de problemas futuros ou condições existentes baseadas na extrapolação ou interpretação de dados científicos existentes ou por aplicação de metodologia científica. (MeSH) 2) Declaração da hora, lugar e magnitude esperada, de um evento futuro (para terremotos, erupções vulcânicas, etc.) (Material II - IDNDR, 1992).Reabilitação: Recuperação das funções humanas ao maior grau possível, de uma pessoa ou pessoas que sofrem de uma doença ou lesão.Pesquisa Médica Translacional: Aplicação das descobertas geradas por pesquisa de laboratório e em estudos pré-clínicos para o desenvolvimento de pesquisa clínica e estudos em humanos. Uma segunda área da pesquisa translacional envolve o aprimoramento da adoção de boas práticas.Medicina Naval: Prática da medicina voltada para as doenças que afetam a saúde dos indivíduos ligados ao ambiente marinho.Estudos Transversais: Estudos epidemiológicos que avaliam a relação entre doenças, agravos ou características relacionadas à saúde, e outras variáveis de interesse, a partir de dados coletados simultaneamente em uma população. (Tradução livre do original: Last, 2001)Desenvolvimento de Programas: Processo de formulação, implementação e avaliação de planos e programas nos âmbitos federal, estadual e/ou municipal.Medicina Tradicional Tibetana: Sistema da medicina tradicional que é baseada nas crenças e práticas da cultura Tibetana.Yin-Yang: Na filosofia e na religião chinesas, dois princípios, um negativo, escuro e feminino (yin) e um positivo, claro e masculino (yang), dos quais a interação de todas as coisas são produzidas e todas as coisas são dissolvidas. Como um conceito, os dois elementos polares referiam-se originalmente aos lados sombrio e ensolarado de um vale ou de uma colina, mas ele se desenvolveu dentro do relacionamento de qualquer par contrastante; aqueles especificados acima (feminino-masculino, etc.) bem como frio-quente, molhado-seco, fraco-forte, etc. Não é um sistema distinto de pensamento por si, mas permeia a vida e o pensamento chineses. Um equilíbrio do yin e do yang é essencial à saúde. Uma deficiência de qualquer dos princípios pode manifestar-se como doença.Avaliação de Programas e Projetos de Saúde: Processo cuja finalidade é a determinação sistemática e objetiva da relevância, efetividade e impacto de políticas públicas, programas e projetos de saúde. O objetivo da avaliação é o de aperfeiçoar os programas e projetos, no sentido de orientar a distribuição de recursos humanos e financeiros. (tradução livre do original: OPAS/OMS-Evaluación de los programas de Salud; normas fundamentales. 1981, para Avaliação de Programas e Projetos de Saúde) Estudos projetados para avaliar a eficácia de programas. Incluem a avaliação de custo-eficácia e do alcance ou impacto dos objetivos cumpridos. (tradução livre do original: MeSH, para Program Evaluation)Diretores Médicos: Médicos empregados por instituições médicas que trabalham em funções clínicas ou administração como chefe de pessoal e que também podem servir como ligação entre o corpo médico e a administração.Medicamentos Falsificados: Drogas manufaturadas e vendidas com o intuito de forjar sua origem, autenticidade, composição química e/ou a eficácia. Os medicamentos falsificados podem conter quantidades inadequadas de ingredientes não listados na etiqueta ou na embalagem. Para enganar ainda mais o consumidor, a embalagem, o contêiner ou a etiqueta podem estar inexatos, incorretos ou falsificados.História Antiga: Período da história antes [do ano] 500 da era comum.Atenção Primária à Saúde: É a assistência sanitária essencial baseada em métodos e tecnologias práticas, cientificamente fundados e socialmente aceitáveis, postos ao alcance de todos os indivíduos e famílias da comunidade mediante a sua plena participação e a um custo que a comunidade e o país possam suportar, em todas e cada etapa do seu desenvolvimento, com um espírito de autorresponsabilidade e autodeterminação. (Declaração de Alma-Ata - Organização Pan-Americana da Saúde, 2003)Medicina Estatal: Sistema de assistência médica, regulada, controlada e financiada pelo governo, no qual o governo assume a responsabilidade pelas necessidades de saúde da população.Medicamentos Genéricos: Drogas cujos nomes não são protegidos por uma marca registrada e que podem ser produzidos por várias companhias. Estes nomes são conhecidos por denominação genérica de medicamentos, pois indicam sua individualidade farmacológica e terapêutica.Relações Interprofissionais: A interação recíproca entre dois ou mais profissionais.Prática Profissional: A utilização do conhecimento de uma pessoa em uma profissão particular; a prática da medicina sendo o exercício do próprio conhecimento na identificação prática e tratamento das doenças (Dorland 28a. ed). Inclui, no caso do campo da biomedicina, as atividades profissionais relacionadas aos cuidados de saúde e ao desempenho propriamente dito dos deveres relacionados à provisão dos cuidados de saúde.Corpo Clínico Hospitalar: Médicos profissionais aprovados para prestar assistência médica em um hospital.Ocidente: Entidade histórica e cultural espalhada através de uma extensa área geográfica da Europa, em oposição ao Oriente, Ásia e África. O termo era usado por eruditos durante o último período medieval. Depois disso, com o impacto do colonialismo e a transmissão de culturas, o termo Ocidente (ou Mundo Ocidental) foi algumas vezes expandido para incluir as Américas.Internet: A confederação livre de redes de comunicação de computadores ao redor do mundo. As redes que compõem a Intenet são conectadas através de várias redes centrais. A internet proveio do projeto ARPAnet do governo norte-americano e foi projetada para facilitar a troca de informações.Medicina de Viagem: Campo multidisciplinar centrado na prevenção de doenças infecciosas e na segurança do paciente durante VIAGEM internacional. A avaliação do risco à saúde é o elemento central da visita ao médico antes de viajar.Licenciamento em Medicina: A concessão de uma licença para praticar a medicina.Saúde Pública: Ramo da medicina voltado para a prevenção e o controle de doenças e deficiências, e para a promoção da saúde física e mental da população tanto nos níveis internacional e nacional, como no estadual ou municipal.Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos: Distúrbios que resultam do uso intencional das PREPARAÇÕES FARMACÊUTICAS. Neste descritor estão incluídas uma ampla variedade de condições adversas induzidas quimicamente devido à toxicidade, INTERAÇÕES DE MEDICAMENTOS e efeitos metabólicos de compostos químicos.Acreditação: Certificação do cumprimento de padrões estabelecidos por organizações não governamentais solicitada voluntariamente e que se aplica a instalações, instituições ou programas por iniciativa própria (NLM). É o mais difundido internacionalmente, dos métodos de avaliação externa por pares no campo da saúde. Se define como um procedimento de avaliação integral (sistêmico) da qualidade, que procura abranger os aspectos de estrutura, processo e resultados. É voluntário, confidencial, periódico, baseado em padrões (estândares) previamente conhecidos e executado por uma entidade independente do estabelecimento avaliado. (Fonte: Manual Brasileiro de Acreditação. Glossário e Termos Técnicos. Disponível em http://www.anvisa.gov.br/servicosaude/acreditacao/manual/glossario.pdf)Médicos Hospitalares: Médicos que são empregados para trabalho exclusivo no ambiente hospitalar, basicamente para organizações de medicina de grupo. São os médicos ou responsáveis primários pelos pacientes durante a hospitalização.Farmacologia Clínica: Ramo de farmacologia que lida diretamente com a eficácia e a segurança das drogas [usadas] em humanos.Bibliometria: O uso de métodos estatísticos na análise de um corpo de literatura para revelar o desenvolvimento histórico de campos de assuntos e padrões de autoria, publicação e uso. Antigamente chamada bibliografia estatística.Patentes como Assunto: Direitos legais ou privilégios exclusivos aplicados a invenções, plantas, etc. (MeSH) As patentes representam, em maior medida, o produto da pesquisa tecnológica e empresarial, por quanto protegem conhecimentos com potencial valor econômico. Título que assegura ao autor de uma invenção, modelo de utilidade, ou desenho industrial, a propriedade e uso exclusivos de seu invento. (Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa, 2002)Relações Metafísicas Mente-Corpo: A relação entre a mente e o corpo em um contexto religioso, social, espiritual, comportamental e metafísico. Este conceito é significativo no campo da medicina alternativa. Difere do relacionamento entre processos fisiológicos e comportamento, onde a ênfase está na fisiologia do corpo (=PSICOFISIOLOGIA).Entrevistas como Assunto: Conversações com indivíduos ou com grupo de pessoas a fim de obter informações acerca da formação pessoal e outros dados biográficos, suas atitudes e opiniões, etc. Inclui entrevistas de admissão em escolas ou em empregos.Filosofia: Amar ou perseguir a sabedoria. Uma busca das causas subjacentes e dos princípios da realidade.Neoplasias: Crescimento novo anormal de tecido. As neoplasias malignas apresentam um maior grau de anaplasia e têm propriedades de invasão e de metástase quando comparadas às neoplasias benignas.Departamentos Hospitalares: Divisões administrativas principais do hospital.Organoterapia: Historicamente, é o tratamento de doenças pela administração de órgãos de animais ou seus extratos (após Brown-Sequard). No presente, as preparações sintéticas substituem os extratos de glândulas. (Stedman, 25a ed)Congressos como Assunto: Conferências, convenções ou outros encontros formais geralmente reunindo pessoas que representam uma área específica de interesse.Aprovação de Drogas: Processo através do qual um medicamento recebe aprovação por uma agência de regulamento governamental. Inclui qualquer teste pré-clínico ou clínico requisitado, revisão, submissão e avaliação das aplicações e resultados de testes, e vigilância "pós-marketing" da droga.Educação Baseada em Competências: Programas educacionais projetados para assegurar que os estudantes possam atingir níveis de competência pré-especificados em um determinado campo ou atividade de treinamento. A ênfase está na realização ou objetivos especificados.Ciência: Estudo de fenômenos naturais por observação, medidas e experimentação.Mobilidade Ocupacional: Movimentos ascendentes ou descendentes em uma carreira profissional, ou mudança de carreira profissional.Prescrições de Medicamentos: Orientações escritas para a aquisição e uso de MEDICAMENTOS.Ciência de Laboratório Médico: Especialidade relacionada ao desempenho de técnicas em patologia clínica, como as de hematologia, microbiologia e outras aplicações de laboratório clínico geral.Guias de Prática Clínica como Assunto: Orientações ou princípios apresentando regras de política atuais ou futuras para o praticante de cuidados de saúde, para assisti-lo nas decisões de cuidados ao paciente a respeito de diagnóstico, terapia ou circunstâncias clínicas relacionadas. Os guias podem ser desenvolvidos por agências governamentais em qualquer nível, instituições, sociedades profissionais, juntas governamentais ou reuniões de especialistas para discussão. Os guias formam a base para avaliação de todos os aspectos de cuidados e distribuição da saúde.Comunicação: A troca ou transmissão de ideias, atitudes ou crenças entre indivíduos ou grupos.Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto: Trabalhos sobre ensaios clínicos que envolvem pelo menos um tratamento teste e um tratamento controle, com matrícula simultânea e acompanhamento de grupos testes e de tratamento controle, e nos quais os tratamentos a serem administrados são selecionados por um processo randômico, como o uso de uma tabela de números randômicos.Política de Saúde: Decisões geralmente desenvolvidas por formuladores de políticas do governo, para definição de objetivos imediatos e futuros do sistema de saúde.Manipulação Osteopática: Manipulação musculosquelética baseada nos princípios da MEDICINA OSTEOPÁTICA desenvolvida em 1874 pelo Dr Andrew Taylor Still.Bibliotecas MédicasConselhos de Especialidade Profissional: Organizações que habilitam médicos e dentistas como especialistas em diferentes áreas da medicina e odontologia.Controle de Qualidade: Sistema para verificação e manutenção de um nível desejado de qualidade em um produto ou processo por planejamento cuidadoso, uso de equipamento apropriado, inspeção continuada e ação corretiva quando necessária (Random House Unabridged Dictionary, 2d ed) (NLM). Entende-se por boa qualidade de assistência o serviço que reúne os requisitos estabelecidos e, dados os conhecimentos e recursos de que se dispõe, satisfaz as aspirações de obter o máximo de benefícios com o mínimo de riscos para a saúde e bem-estar dos pacientes. Por conseguinte, uma assistência sanitária de boa qualidade se caracteriza por um alto grau de competência profissional, a eficiência na utilização dos recursos, o risco mínimo para os pacientes, a satisfação dos pacientes e um efeito favorável na saúde. (Racoveanu y Johansen)Conhecimento: Corpo [constituído] por verdades ou fatos acumulados com o passar do tempo, soma de informações acumuladas, seu volume e natureza, em qualquer civilização, período ou país.Intercâmbio Educacional Internacional: A troca de estudantes ou pessoal profissional entre países feita sob patrocínio de uma organização com a finalidade de educação adicional.Tomada de Decisões: O processo de realizar um julgamento intelectual seletivo quando se é apresentado a várias alternativas complexas consistindo de diversas variáveis, e que geralmente leva à definição de um modo de agir ou de uma ideia.Terminologia como Assunto: Os termos, expressões, designações ou símbolos usados em uma ciência particular, disciplina ou área de assunto especializada.Obstetrícia: Especialidade médico-cirúrgica voltada para a administração e para o cuidado com as mulheres durante a gravidez, parto, e puerpério.Medicina Unani: Sistema médico greco-arábico modificado e muito difundido hoje como medicina unani. Foi o produto de médicos e estudantes Árabes apreendido pela filosofia, ciência e medicina da Grécia. É hoje largamente praticado na Índia e Paquistão, como um tipo de medicina de plantas medicinais.Colonialismo: Agregado de várias políticas econômicas e políticas sociais, pelas quais um poder imperial mantém ou estende seu controle sobre outras áreas ou povos. Inclui a prática ou convicção em adquirir e reter colônias. A ênfase é menos em sua identidade como um sistema político ideológico que em sua designação em um período histórico. (Tradução livre do original: Webster, 3d ed; from Dr. J. Cassedy, NLM History of Medicine Division)Farmacêuticos: Pessoas legalmente qualificadas, por meio de educação formal e treinamento, a desempenhar a prática em farmácia.Mentores: Profissionais mais antigos que fornecem orientação, direção e apoio àquelas pessoas desejosas de melhoras nas posições acadêmicas, administrativas ou outras situações de desenvolvimento na carreira.MEDLINE: Principal base de dados bibliográficos da NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE (U.S.). MEDLINE® (MEDLARS Online) é o principal subgrupo do PUBMED e pode ser encontrado no site NLM's Web no PubMed ou no NLM Gateway. As referências do MEDLINE são indexadas por MEDICAL SUBJECT HEADINGS (MeSH).Resultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.Economia Médica: Aspectos econômicos do campo da medicina, da profissão e da assistência médica. Inclui o impacto econômico e financeiro de doenças em geral sobre o paciente, o médico, a sociedade, ou o governo.Projetos de Pesquisa: Plano para se coletar e utilizar dados de forma que a informação desejada seja obtida com precisão suficiente, ou de forma que uma hipótese seja testada adequadamente.Guias como Assunto: Sistemática de regras de fiscalização ou de princípios. Podem ser desenvolvidos por agências governamentais em qualquer nível, instituições, sociedades profissionais, juntas governamentais ou por reunião de especialistas para discussão. O texto pode ser cursivo ou em forma esquemática, mas é geralmente um guia completo para os problemas e abordagens em qualquer campo de atividade. Para guias nos campos dos cuidados de saúde e medicina clínica, GUIAS DE PRÁTICA CLÍNICA COMO ASSUNTO está disponível.Comportamento Cooperativo: A interação de duas ou mais pessoas ou organizações, que é direcionada para um objetivo comum, mutuamente benéfico. Uma situação de trabalho ou de atuação em conjunto com um propósito ou benefício comum, i. é, uma ação conjunta.Acesso aos Serviços de Saúde: Possibilidade dos indivíduos adentrarem e utilizarem os serviços de atenção à saúde, com vistas à resolução de problemas que afetem a saúde. Dentre os fatores que influem nesta possibilidade incluem considerações geográficas, arquitetônicas, de transporte, financeiras entre outras.Atitude Frente à Saúde: Atitudes do público em relação à saúde, doença e sistema de atendimento médico.Sistemas de Informação em Radiologia: Sistemas automatizados usados nas várias funções do serviço de radiologia incluindo ordenamento dos pacientes, controle dos filmes, relatório diagnóstico e faturamento.Academias e Institutos: Organizações representativas de áreas especializadas que são aceitas como autoridades; podem ser não governamentais, universidades ou uma organização independente de pesquisa, por ex. Academia Nacional de Ciências etc.Ontário: Província do Canadá situada entre as províncias de Manitoba e Quebeque. Sua capital é Toronto. Leva seu nome do Lago Ontário que dizem representar o iroquês 'oniatariio', lago bonito.Hospitais de Ensino: Hospitais engajados em programas educativos e de pesquisa, bem como na prestação de assistência médica a pacientes.Apoio à Pesquisa como Assunto: Apoio financeiro às atividades de pesquisa.Médicos Osteopáticos: Médicos licenciados especializados em MEDICINA OSTEOPÁTICA. Um médico osteopático, também conhecido por D.O. (Doutor de Osteopatia), pode realizar cirurgias e prescrever medicamentos.Diagnóstico: Determinação da natureza de uma doença ou estado, ou a diferenciação entre elas. A avaliação pode ser feita através de exame físico, exames laboratoriais, ou similares. É possível usar softwares para melhorar o processo de tomada de decisão.Área de Atuação Profissional: Área geográfica na qual um profissional atua; refere-se principalmente a médicos e dentistas.União Europeia: A designação coletiva de três organizações com associação comum: a Comunidade Econômica Europeia (Mercado Comum), a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço e a Comunidade de Energia Atômica Europeia (Euratom). Era conhecida como a Comunidade Europeia até 1994. É principalmente uma união econômica com os objetivos principais de movimentar livremente bens, capital e trabalho. Serviços profissionais, sociais, médicos e paramédicos estão incluídos dentro do trabalho. Os países constituintes são a Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Países Baixos, Portugal, Espanha, Suécia e Reino Unido.