Luxação Patelar: Deslocamento da PATELA proveniente de um sulco femural.LuxaçõesLigamento Patelar: Fita de tecido fibroso que liga o ápice da PATELA à parte inferior do tubérculo da TÍBIA. Na realidade, o ligamento é a continuação caudal do tendão comum do QUADRÍCEPS FEMORAL, estando a patela implantada no tendão. Assim, o ligamento patelar pode ser considerado como uma conexão entre tendão do quadríceps femoral e tíbia; assim, às vezes é denominado tendão patelar.Patela: Osso achatado, triangular, situado na parte anterior do JOELHO.Articulação Patelofemoral: Articulação entre a superfície articular da PATELA e a superfície patelar do FÊMUR.Condromalacia da Patela: Degeneração da CARTILAGEM ARTICULAR da PATELA, causada por diminuição dos mucopolissacarídeos sulfatados na matriz celular. Quando acompanhada por dor, é, às vezes, considerada como sendo parte ou confundida com a SÍNDROME DA DOR PATELOFEMURAL.Luxação do Quadril: Deslocamento do fêmur em relação à posição normal da ARTICULAÇÃO DO QUADRIL.Tenodese: Fixação da extremidade de um tendão ao osso, frequentemente por sutura.Instabilidade Articular: Perda de estabilidade de uma articulação ou de uma prótese articular. Os fatores envolvidos são doença intra-articular e integridade das estruturas extra-articulares tais com cápsula articular, ligamentos e músculos.Fraturas de Cartilagem: Rompimento da CARTILAGEM.Luxação do Ombro: Deslocamento do ÚMERO a partir da ESCÁPULA.Traumatismos do Joelho: Traumatismos do joelho ou junção do joelho.Artroscopia: Exame endoscópico, terapia e cirurgia das articulações.Luxação do Joelho: Luxação do FÊMUR para fora da TÍBIA.Articulação do Joelho: Conexão articular sinovial formada entre os ossos do FÊMUR, TÍBIA e PATELA.Luxação Congênita de Quadril: Luxação congênita do quadril que geralmente inclui a subluxação da cabeça do fêmur, displasia acetabular e luxação completa da cabeça do fêmur do acetábulo verdadeiro. Essa afecção ocorre em aproximadamente 1 a cada 1000 nascimentos vivos e é mais comum no gênero feminino que no masculino.Fêmur: O mais longo e o maior osso do esqueleto; está situado entre o quadril e o joelho.Recidiva: Retorno de um sinal, sintoma ou doença após uma remissão.Tração: Puxão em um membro ou de uma parte dele. A tração da pele (tração indireta) é aplicada pelo uso de uma bandagem para puxar sobre a pele e a faixa onde uma tração leve é requerida. A tração esquelética (tração direta), contudo, utiliza pinos ou fios inseridos no osso e é ligada a pesos, roldanas e cabos.Subluxação do Cristalino: Ruptura incompleta da zônula, ficando o cristalino deslocado atrás da pupila. No deslocamento, ou ruptura completa, o cristalino é deslocado para frente dentro da câmara anterior ou para trás dentro do corpo vítreo. Quando é congênita, esta afecção é conhecida como ECTOPIA LENTIS.Articulação Acromioclavicular: Articulação deslizante, formada pela extremidade externa da CLAVÍCULA e pela margem interna do acrômio da ESCÁPULA.