Estações do Ano: Estações do ano: Divisões do ano de acordo com algum fenômeno regularmente recorrente, geralmente astronômico ou climático. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed) Variações sazonais: Diferenças sazonais na ocorrência de eventos vitais.Influenza Humana: Infecção viral aguda em humanos envolvendo o trato respiratório. Caracterizada por inflamação da MUCOSA NASAL, FARINGE, conjuntiva, cefaleia e mialgia grave, frequentemente generalizada.Chuvas: Partículas de água que caem da ATMOSFERA.Reprodução: O processo total pelo qual organismos geram a prole. (Stedman, 25a ed)Vacinas contra Influenza: Vacinas usadas para evitar infecção por vírus da família ORTHOMYXOVIRIDAE. Abrange as vacinas com vírus morto e com vírus atenuado. A composição das vacinas é alterada a cada ano em resposta ao grupo antigênico e as alterações na prevalência das linhagens do vírus influenza. Frequentemente a vacina é bivalente ou trivalente contendo uma ou duas linhagens de INFLUENZAVIRUS A e uma linhagem INFLUENZAVIRUS B.Vírus da Influenza B: Espécie do gênero INFLUENZAVIRUS B causador da INFLUENZA HUMANA e outras doenças, principalmente em humanos. A variação antigênica é menor que nos vírus do tipo A (VÍRUS DA INFLUENZA A) e consequentemente não há base para a distinção em subtipos ou variantes. As epidemias são menos prováveis do que com o VÍRUS DA INFLUENZA A e nunca houve pandemias. Anteriormente encontrado apenas em humanos, o vírus da Influenza B foi isolado de focas, que pode constituir o reservatório animal ao qual os humanos estão expostos.Cruzamento: Produção de descendência por cruzamento seletivo ou HIBRIDIZAÇÃO GENÉTICA em animais ou plantas.Densidade Demográfica: Número de indivíduos por unidade de espaço.Clima: Manifestações a longo prazo do TEMPO (METEOROLOGIA). (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Poaceae: Grande família de gramíneas herbáceas de folhas estreitas da ordem Cyperales, subclasse Commelinidae, classe Liliopsida (monocotiledôneas). GRÃO COMESTÍVEL vem de membros desta família. RINITE ALÉRGICA SAZONAL pode ser induzida por PÓLEN de muitas gramíneas.Tempo (Meteorologia): Estado da ATMOSFERA no período de minutos até meses.Rinite Alérgica Sazonal: Rinite alérgica que ocorre na mesma época todos os anos. Caracteriza-se por CONJUNTIVITE aguda com lacrimejamento, coceira e é considerada uma afecção alérgica desencadeada por ALÉRGENOS específicos.Ecossistema: 1) Sistema funcional que inclui os organismos de uma comunidade natural junto a seu ambiente. (MeSH/NLM)(Tradução livre do original: McGraw Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed) 2)Sistema aberto integrado pelos organismos vivos (inclusive o homem) e os elementos não vivos de um setor ambiental definido no tempo e no espaço, cujas propriedades globais de funcionamento e autorregulação derivam da interação entre seus componentes, tanto pertencentes aos sistemas naturais como aqueles modificados ou organizados pelo próprio homem. 3) Complexo constituído pelo biótopo e pela biocenose (Material III - Ministério da Ação Social, Brasília, 1992)Pólen: Elemento fertilizador de plantas que contém os GAMETÓFITOS masculinos.Vírus da Influenza A Subtipo H3N2: Subtipo do VÍRUS DA INFLUENZA A que apresenta as proteínas de superfície hemaglutinina 3 e neuraminidase 2. O subtipo H3N2 foi responsável pela pandêmica gripe de Hong Kong (em 1968).Anestro: Estado de inatividade sexual em fêmeas animais que não exibem o CICLO ESTRAL. Entre as causas do anestro estão gravidez, presença de prole, estação, estresse e patologia.Vírus da Influenza A Subtipo H1N1: Subtipo do VÍRUS DA INFLUENZA A que apresenta as proteínas de superfície hemaglutinina 1 e neuraminidase 1. O subtipo H1N1 foi responsável pela pandemia de gripe espanhola em 1918.Ovinos: Qualquer mamífero ruminante com chifres curvados (gênero Ovis, família Bovodae) que possuem sulco lacrimal e glândulas interdigitais (ausentes nas CABRAS).Árvores: Plantas superiores, perenes, lenhosas e geralmente altas (Angiospermas, Gimnospermas e alguns Pterófitos), que possuem geralmente um tronco principal e numerosos ramos.Umidade: Medida da quantidade de VAPOR DE ÁGUA no ar.Clima Tropical: O clima que prevalece nas zonas subtropicais e tropicais, caracterizado por uma estação seca bem marcada (nos meses em que é inverno no hemisfério norte) e uma estação chuvosa igualmente distinta (durante o inverno no hemisfério norte)Comportamento Sexual Animal: Atividades sexuais dos animais.Futebol Americano: Esporte de competição por equipes jogado em um campo retangular. Esta é a versão americana ou canadense do jogo e também inclui a forma conhecida como rugby. Não inclui o futebol não americano (FUTEBOL).Estro: Período no CICLO ESTRAL associado com receptividade sexual máxima e fertilidade em fêmeas de mamíferos não primatas.Conceitos Meteorológicos: Propriedades, características e outros fenômenos atmosféricos especialmente relativos ao TEMPO (METEOROLOGIA) e ao CLIMA.Monitoramento Ambiental: Monitoração do nível de toxinas, poluentes químicos, contaminantes microbianos ou outras substâncias danosas no ambiente (solo, ar e água), no trabalho ou nos corpos das pessoas e animais presentes naquele ambiente.Gâmbia: República na África Ocidental, constituindo um enclave dentro do SENEGAL que se estende em ambos os lados do Rio Gâmbia. Sua capital é Banjul, antigamente Bathurst. A desembocadura do rio foi descoberta em 1455 pelos portugueses, e os ingleses subiram o rio entre 1618-19. A reivindicação britânica para a região foi reconhecida pelo Tratado de Versalhes em 1783. Seu estado sob domínio dos britânicos e de Serra Leoa mudou várias vezes de 1807 até 1965 quando ficou independente. O país é assim denominado em homenagem ao rio e é uma deturpação portuguesa do nome nativo Ba-Dimma, que significa rio.Dinâmica Populacional: Qualquer processo ou inter-relação de fenômenos que provocam mudanças em uma população.Migração Animal: Movimentos periódicos de animais em resposta as mudanças sazonais ou instintos reprodutivos. As alterações hormonais são os principais motivos desencadeadores, pelo menos em alguns animais. A maioria das migrações é realizada por mudanças climáticas, alimentação ou procriação.Futebol: Jogo no qual uma bola inflável arredondada é avançada por chutes ou é propelida com qualquer parte do corpo, exceto mãos ou braços. O objetivo do jogo é colocar a bola no gol oposto.Agricultura: A ciência, arte ou prática do cultivo da terra, produção agrícola e criação de gado.Traumatismos em Atletas: Traumatismos que ocorrem durante a participação em esportes competitivos ou não competitivos.North DakotaParto: Processo de nascimento de um ou mais filhos.Temperatura Ambiente: Propriedade de objetos que determina a direção do fluxo de calor quando eles são posicionados em contato térmico direto. A temperatura é a energia dos movimentos microscópicos (translacionais e de vibração) das partículas dos átomos.Burkina Faso: República na África ocidental, ao sul e leste do MALI e a oeste do NÍGER. Sua capital é Ouagadougou. Foi outrora chamada Alto Volta até 1984.Insetos Vetores: Insetos que transmitem organismos infecciosos de um hospedeiro para outro, ou de um reservatório inanimado para um hospedeiro animado.Surtos de Doenças: Aumento repentino na incidência de uma doença. O conceito inclui EPIDEMIA e PANDEMIA.Criação de Animais Domésticos: A ciência de procriação, alimentação e cuidados de animais domésticos; inclui alojamento e nutrição.Vigilância de Evento Sentinela: Monitorização da proporção de ocorrência de condições específicas para avaliar a estabilidade ou alteração nos níveis de saúde de uma população. É também o estudo da proporção de doenças em um coorte específico, como uma área geográfica, um subgrupo populacional etc., para estimar uma tendência na população maior. (Tradução livre do original: Last, Dictionary of Epidemiology, 2d ed)Vigilância da População: Exame minucioso de uma população (população em geral, estudo de população, objetivo da população, etc.) geralmente usando métodos notáveis por sua praticabilidade, uniformidade e frequentemente por sua rapidez e mais ainda por sua completa precisão.Hormônio Luteinizante: Principal gonadotropina secretada pela ADENO-HIPÓFISE. O hormônio luteinizante regula a produção de esteroides pelas células intersticiais do TESTÍCULO e OVÁRIO. O HORMÔNIO LUTEINIZANTE pré-ovulatório aparece em fêmeas induzindo a OVULAÇÃO e subsequente LUTEINIZAÇÃO do folículo. O HORMÔNIO LUTEINIZANTE consiste em duas subunidades ligadas não covalentemente, uma alfa e outra beta. Dentro de uma espécie, a subunidade alfa é comum nos três hormônios glicoproteicos hipofisários (TSH, LH e FSH), porém a subunidade beta é única e confere sua especificidade biológica.Guadalupe: Nome de duas ilhas das Índias Ocidentais, separadas por um canal estreito. A capital delas é Basse-Terre. Foram descobertas por Colombo em 1493, ocupadas pelos franceses em 1635, tomadas pelos britânicos em vários momentos entre 1759 e 1813, transferida para a Suécia em 1813 e restabelecida a França em 1816. Seu estado foi mudado de colônia para um departamento ultramarino francês em 1946. Colombo a denominou em homenagem ao monastério de Santa Maria de Guadalupe na Espanha.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Neve: Cristais de água congelada que caem da ATMOSFERA.Pandemias: Epidemia de doença infecciosa que se disseminou para vários países, com frequência mais de um continente e que afeta geralmente um grande número de pessoas.Cervos: Família Cervidae, de 17 gêneros e 45 espécies, que ocorre praticamente em toda América do Norte, América do Sul e Eurásia, na maioria das ilhas continentais associadas e no norte da África. Populações selvagens de cervos foram estabelecidas, depois de introduzidas por pessoas, em Cuba, Nova Guiné, Austrália, Nova Zelândia e outros locais em que a família não ocorre naturalmente. São finos, com longas pernas e melhor caracterizados pela presença de cornos. Seu habitat são florestas, pântanos, cerrados, desertos e tundra ártica. São geralmente bons nadadores; alguns migram sazonalmente.Geografia: Ciência que estuda a terra e sua vida, especialmente a descrição da terra, mar e ar e a distribuição da vida vegetal e animal, incluindo a humanidade e suas indústrias referentes às relações mútuas destes elementos. (Tradução livre do original: Webster, 3d ed)Vacinação: Administração de vacinas para estimulação da resposta imune do hospedeiro. Isto inclui qualquer preparação que objetive a profilaxia imunológica ativa.Solo: Mineral inconsolidado ou matéria orgânica na superfície da terra que serve como meio natural para o crescimento de plantas terrestres.Fotoperíodo: Tempo de exposição diária à luz natural ou artificial a que um organismo está sujeito. Acredita-se que as respostas fotoperiódicas podem afetar o controle do equilíbrio energético e da termorregulação.Meteorologia: 1) Ciência que estuda as características da atmosfera, tais como sua temperatura, densidade, ventos, nuvens, precipitações, e outros fenômenos atmosféricos, que objetiva considerar o tempo climático em termos de influências externas e de acordo com as leis básicas da física (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed). 2) Ciência que estuda os fenômenos que se produzem na atmosfera, suas causas e seus mecanismos.Brasil: A República Federativa do Brasil é formada por 5 regiões (norte, nordeste, centro-oeste, sudeste e sul), 26 Estados e o Distrito Federal (Brasília). A atual divisão político-administrativa é de 1988, quando foi criado o estado do Tocantins, a partir do desmembramento de parte de Goiás, e os territórios de Amapá e Roraima foram transformados em estados. Quinto país do mundo em área total, superado por Federação Russa, Canadá, China e EUA, e maior da América do Sul, o Brasil ocupa a parte centro-oriental do continente. São 23.089 km de fronteiras, sendo 7.367 km marítimas e 15.719 km terrestres. A orla litorânea estende-se do cabo Orange, na foz do rio Oiapoque, ao norte, até o arroio Chuí, no sul. Todos os países sul-americanos, com exceção de Equador e Chile, fazem fronteira com Brasil. Pouco mais de 70 km tornam a extensão norte-sul do país superior ao sentido leste-oeste. São 4.394,7 km entre os extremos leste e oeste. Ao norte, o ponto extremo do Brasil é a nascente do rio Ailã, no monte Caburaí, em Roraima, fronteira com a Guiana. Ao sul, o arroio Chuí, na divisa do Rio Grande do Sul com o Uruguai. A leste, a ponta do Seixas, na Paraíba. E a oeste, as nascentes do rio Moa, na serra da Contamana, no Acre, fronteira com o Peru. O centro geográfico fica na margem esquerda do rio Jarina, em Barra do Garça em Mato Grosso. (Almanaque Abril. Brasil, SP: Editora Abril S.A., 2002). Existe grande contraste entre os estados em relação aos aspectos físicos e demográficos e aos indicadores sociais e econômicos. A área do Amazonas, por exemplo, é maior do que a área somada dos nove estados da região nordeste. Enquanto Roraima e Amazonas têm cerca de um a dois habitantes por km2, no Rio de Janeiro e no Distrito Federal esse índice é superior a 300 (a média para o país é de 20,19 IBGE 2004). A população brasileira estimada para 2006 é de 186 milhões de habitantes distribuída em uma área de 8.514.215,3 km2 (média de 46 hab/km2). A mortalidade infantil média para o país é de 26,6 óbitos de crianças menores de um ano por 1000 nascidos vivos, variando de 47,1 para o estado de Alagoas (IBGE 2004) e 13,5 para o estado de São Paulo (SEADE 2005). A esperança (ou expectativa) de vida do brasileiro ao nascer é de 71,7 anos (IBGE 2004). A taxa de fecundidade é de 2,3 filhos por mulher menor de 20 anos (IBGE 2004). Em relação à economia, apenas três estados do Sudeste - São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais - respondem por cerca de 60 por cento do PIB brasileiro.Cryptomeria: Gênero de plantas (família TAXODIACEAE) cujo PÓLEN é um dos maiores ALÉRGENOS.Gravidez: Estado durante o qual os mamíferos fêmeas carregam seus filhotes em desenvolvimento (EMBRIÃO ou FETO) no útero (antes de nascer) começando da FERTILIZAÇÃO ao NASCIMENTO.Mali: País na África ocidental, a leste da MAURITÂNIA e ao sul da ARGÉLIA. Sua capital é Bamako. Entre 1904-1920 era conhecida como Alto Senegal-Níger; antes de 1958, como Sudão Francês; entre 1958-1960 como a República Sudanesa e entre 1959-1960 juntou-se ao Senegal na Federação Mali. Tornou-se uma república independente em 1960.Bovinos: Animais bovinos domesticados (do gênero Bos) geralmente são mantidos em fazendas ou ranchos e utilizados para produção de carne, derivados do leite ou para trabalho pesado.Rios: Grandes correntes naturais de ÁGUA DOCE formadas pela convergência de afluentes e que desembocam em um grande volume de água (lago ou oceano).Biomassa: Massa total de todos os organismos de determinado tipo e/ou de uma área específica. Inclui o rendimento de massa vegetativa produzida em uma colheita específica.Vírus da Influenza A: Espécie típica do gênero INFLUENZAVIRUS A que causa influenza e outras doenças em humanos e animais. A variação antigênica ocorre frequentemente entre as linhagens permitindo a classificação em subtipos e variantes. A transmissão ocorre por aerossol (hospedeiros humanos e a maioria dos não aquáticos) ou pela água (patos). Aves infectadas liberam o vírus em sua saliva, secreções nasais e fezes.Anopheles: Gênero de mosquitos (CULICIDAE) que são conhecidos vetores de MALÁRIA.Meio Ambiente: Elementos e condições externos que envolvem, influenciam e afetam a vida e o desenvolvimento de um organismo ou população.Hibernação: Estado de dormência em que algumas espécies de animais de sangue quente passam o inverno. É caracterizado por narcose e por uma drástica redução na temperatura corporal e na atividade metabólica, e por uma depressão dos sinais vitais.MontanaIncidência: Número de casos novos de doenças ou agravos numa determinada população e período.Comportamento de Nidação: Comportamento animal relacionado com o ninho. Inclui a construção e os efeitos do tamanho e do material; comportamento do animal adulto durante o período de nidação e os efeitos do ninho no comportamento dos mais jovens.Água Doce: Água contendo quantidades insignificantes de sais, como as águas dos RIOS e LAGOS.Malária: Doença causada em humanos por protozoários de quatro espécies do gênero PLASMODIUM: PLASMODIUM FALCIPARUM, PLASMODIUM VIVAX, PLASMODIUM OVALE e PLASMODIUM MALARIAE e transmitida pela picada da fêmea infectada do mosquito do gênero ANOPHELES. A malária é endêmica em partes da Ásia, África, Américas Central e do Sul, Oceania e em certas ilhas Caribenhas. Caracteriza-se clinicamente por exaustão extrema associada com paroxismos de FEBRE alta, SUDORESE, CALAFRIOS e ANEMIA. Em ANIMAIS, a malária é causada por outras espécies de plasmódio.Esqui: Esporte de neve que usa esquis para deslizar sobre a neve. Não inclui esqui aquático.Recém-Nascido: Criança durante o primeiro mês após o nascimento.Estados UnidosSenegal: República na África ocidental, a sudoeste da MAURITÂNIA e a leste de MALI. Sua capital é Dakar.Poluentes do Ar: Qualquer substância no ar que poderia (se presente, em concentração suficiente elevada) prejudicar humanos, animais, vegetação ou material. Entre as substâncias estão GASES, MATERIAL PARTICULADO e COMPOSTOS ORGÂNICOS voláteis.Maturidade Sexual: Realização da capacidade sexual plena em animais e humanos.Comportamento Alimentar: Respostas comportamentais ou sequenciais associadas ao ato de alimentar-se, maneira ou modos de se alimentar, padrões rítmicos da alimentação (intervalos de tempo - hora de comer, duração da alimentação).Aves: Vertebrados de sangue quente que possuem PLUMAS e pertencem à classe das Aves.Cavalos: Grandes mamíferos com cascos da família EQUIDAE. Cavalos são ativos dia e noite, com a maior parte do dia sendo gasta com a procura e consumo de alimento. Os picos de alimentação ocorrem no início da manhã e ao fim da tarde, e há diversos períodos diários de descanso.Betula: Gênero de plantas (família BETULIACEAE) cujas árvores são lisas, resinosas, com casca multicolorida ou branca, marcada por poros horizontais (lenticelas), que frequentemente se descascam horizontalmente em lâminas finas.Ração Animal: Produtos alimentícios usados para animais domésticos, de laboratório ou para o gado.Irrigação Agrícola: Direcionamento da água para áreas abertas ou fechadas onde é usada com propósitos agrícolas. (Tradução livre do original: MeSH 2011) Atividade de fornecer, de forma artificial, continuada ou intermitente, água para o cultivo de plantas de lavoura, incluindo todo o processo de captação, armazenamento, transporte e disposição final. (Fonte: Equipe de Ambientes da ANVISA, Brasil)Ambrosia: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) cujo PÓLEN é um dos causadores da febre do feno.