Doença de Whipple: Infecção sistêmica crônica por bactéria Gram positiva (Tropheryma whippelii) que afeta principalmente o INTESTINO DELGADO; também afeta os ARTICULAÇÕES, o SISTEMA CARDIOVASCULAR e o SISTEMA NERVOSO CENTRAL. A doença é caracterizada por depósitos de gordura na MUCOSA INTESTINAL e nos LINFONODOS, má absorção, DIARREIA com esteatorreia oleosa, DESNUTRIÇÃO e ARTRITE.Tropheryma: Gênero de bactérias Gram-positivas da família Cellulomonadaceae.Actinobacteria: Classe de BACTÉRIAS com várias propriedades morfológicas. As linhagens de Actinobactérias mostram entre si uma similaridade maior que 80 por cento na sequência do 16S DNAr/RNAr, bem como a presença de algumas assinaturas nucleotídicas (Tradução livre do original: Stackebrandt E et al, Int J Syst Bacteriol (1997) 47: 479-91).Duodeno: É a menor porção (e a mais larga) do INTESTINO DELGADO, adjacente ao PILORO do ESTÔMAGO. Seu nome é devido ao fato de seu comprimento ser igual à largura aproximada de 12 dedos.Pancreaticoduodenectomia: Excisão da cabeça do pâncreas e da alça envolvendo o duodeno, ao qual está conectado.Neoplasias Duodenais: Tumores ou câncer do DUODENO.Pancreatectomia: Remoção cirúrgica do pâncreas. (Dorland, 28a ed)Ampola Hepatopancreática: Dilatação da papila duodenal que é a abertura da junção do DUCTO BILIAR COMUM e o DUCTO PANCREÁTICO PRINCIPAL, também conhecida por ampola de Vater.Neoplasias do Ducto Colédoco: Tumores ou câncer do DUCTO COLÉDOCO incluindo a AMPOLA HEPATOPANCREÁTICA e o ESFÍNCTER DA AMPOLA HEPATOPANCREÁTICA.