Derrame Subdural: Infiltração e acúmulo de LÍQUIDO CEFALORRAQUIDIANO no espaço subdural, que pode estar associado com um processo infeccioso, TRAUMA CRANIOCEREBRAL, NEOPLASIAS CEREBRAIS, HIPOTENSÃO INTRACRANIANA e outras afecções.Espaço Subdural: Cavidade em potencial que separa a ARACNOIDE-MÁTER da DURA-MÁTER.Hematoma Subdural: Acúmulo de sangue no ESPAÇO SUBDURAL entre as camadas DURA-MATER e aracnoide das MENINGES. Esta afecção ocorre principalmente sobre a superfície de um HEMISFÉRIO CEREBRAL, mas pode desenvolver no canal espinhal (HEMATOMA SUBDURAL ESPINHAL). O hematoma subdural pode ser classificado como forma aguda ou crônica, com início de sintoma imediato ou tardio, respectivamente. Entre os sintomas podemos incluir perda de consciência, CEFALEIA grave, e estado mental degenerado.Empiema Subdural: Processo supurativo intracraniano ou raramente intraespinal que invade o espaço compreendido entre a superfície interna da DURA-MATER e a superfície externa da ARACNOIDE.Hipotensão Intracraniana: Redução da pressão do LÍQUIDO CEFALORRAQUIDIANO caracterizada clinicamente por CEFALEIA, tornando máxima em posição vertical e, ocasionalmente por paralisia do nervo abducente (ver DOENÇAS DO NERVO ABDUCENTE), rigidez de pescoço, perda auditiva (ver SURDEZ), NÁUSEA e outros sintomas. Esta afecção pode ser espontânea ou secundária à PUNÇÃO ESPINHAL, PROCEDIMENTOS NEUROCIRÚRGICOS, DESIDRATAÇÃO, UREMIA, trauma (ver também TRAUMA CRANIOCEREBRAL) e outros processos. A hipotensão crônica pode estar associada com hematomas subdurais (ver HEMATOMA SUBDURAL) ou higromas. (Tradução livre do original: Semin Neurol 1996 Mar;16(1):5-10; Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, pp637-8)Hematoma Subdural Crônico: Acúmulo de sangue no ESPAÇO SUBDURAL com sintomas neurológicos de início tardio. Entre os sintomas podem-se incluir perda de consciência, CEFALEIA grave, e degeneração do estado mental.Derrame Pleural: Presença de líquido na cavidade pleural resultante de transudação excessiva ou exsudação das superfícies pleurais. Constitui um sinal de doença e não um diagnóstico por si só.Hematoma Subdural Agudo: Acúmulo de sangue no ESPAÇO SUBDURAL associado com sintomas neurológicos de início agudo. Entre os sintomas podem-se incluir perda de consciência, CEFALEIA grave, e degeneração do estado mental.Derrame Pericárdico: Acúmulo de líquido dentro do PERICÁRDIO. Os derrames serosos estão associados com doenças pericárdicas. O hemopericárdio está associado com trauma. O derrame contendo lipídeos (quilopericárdio) resulta de vazamento no DUCTO TORÁCICO. Casos graves podem levar a TAMPONAMENTO CARDÍACO.Derrame Pleural Maligno: Presença de líquido na CAVIDADE PLEURAL como uma complicação de doença maligna. Os derrames pleurais malignos frequentemente contêm células malignas reais.Hematoma Subdural Espinal: Hematoma subdural no CANAL VERTEBRAL.Otite Média com Derrame: Inflamação da orelha média com um transudato claro de cor amarelo-pálida.