Bromo: Halogênio com símbolo atômico Br, número atômico 36 e peso atômico 79,904. É um líquido marrom-avermelhado volátil que desprende vapores sufocantes. É corrosivo para a pele e pode causar gastroenterite se ingerido.Brometos: Sais do ácido bromídrico, HBr, estando o átomo de bromo com número de oxidação igual a -1.Compostos de Bromo: Compostos inorgânicos que contêm bromo como parte integral da molécula.Kelp: Formas grandes e robustas de algas pardas (PHAEOPHYCEAE). Componente principal das zonas intermaré inferior e sublitoral nas costas rochosas das águas temperadas e polares. Frequentemente se ve a denominação Kelp, um tipo de ALGA MARINHA, para espécies dos gêneros LAMINARIA ou MACROCYSTIS, mas o termo pode também ser usado para espécies em FUCUS ou Nereocystis.Cloro: Gás amarelo-esverdeado, diatômico, membro da família dos elementos halogênios. Possui símbolo atômico Cl, número atômico 17 e peso atômico 70,906. É um poderoso irritante que pode causar edema pulmonar fatal. O cloro é utilizado industrialmente como reagente na química sintética, para purificação da água e na produção da cal clorada utilizada na fabricação de alvejantes.Halogenação: Ligação covalente dos HALOGÊNIOS para outros compostos.Halogênios: Família de elementos não metálicos, geralmente eletronegativos, que formam o grupo 17 (anteriormente grupo VIIa) da tabela periódica.Pentanonas: Cetonas de cinco carbonos de cadeia linear ou cadeia ramificada.Laminaria: Gênero de ALGAS PARDAS (família Laminariaceae). Pedaços secos destas algas (forma de lápis) podem ser inseridos no colo uterino onde absorvem líquido e se dilatam, servindo como dilatadores osmóticos.Bromobenzenos: Derivados do benzeno em que um ou mais átomos de hidrogênio do anel benzênico estão substituídos por átomos de bromo.Ácido Bromídrico: Ácido bromídrico (HBr): solução gasosa de brometo de hidrogênio em água.Radioisótopos de Bromo: Isótopos de bromo instáveis que se decompõem ou desintegram emitindo radiação. Átomos de bromo com pesos atômicos de 74-78, 80 e 82-90 são radioisótopos de bromo.Bifenil Polibromatos: Compostos bifenílicos que estão intensamente bromados. Muitos destes compostos são tóxicos poluentes ambientais.Iodo: Elemento não metálico do grupo dos halogênios, representado pelo símbolo atômico I, número atômico 5 e peso atômico 126,90. É um elemento essencial na nutrição, sendo especialmente importante para a síntese de hormônios tireoidianos. Em solução, apresenta propriedades anti-infecciosas e é usado topicamente.Desinfetantes: Substâncias usadas nos objetos inanimados, que destroem os microrganismos prejudiciais ou inibem sua atividade. Os desinfetantes são classificados como completos, que destroem os ESPOROS e as formas vegetativas dos microrganismos, e incompletos, os que destroem somente as formas vegetativas dos organismos. São diferenciados dos ANTISSÉPTICOS, que são agentes anti-infecciosos locais usados nos humanos e em outros animais. (Tradução livre do original: Hawley's Condensed Chemical Dictionary, 11th ed)Éteres Difenil Halogenados: Compostos que contêm dois anéis benzênicos halogenados ligados por meio de um átomo de OXIGÊNIO. Muitos difenil éteres polibromados são usados como RETARDADORES DE CHAMA.Retardadores de Chama: Materiais aplicados a tecidos, roupas de cama, mobília, plásticos, etc. para retardar sua combustão; muitos podem lixiviar causando alergias ou outros problemas (harm).Piscinas