Biodegradação Ambiental: Eliminação de POLUENTES AMBIENTAIS, PRAGUICIDAS e outros resíduos usando organismos vivos, geralmente envolvendo intervenção de engenheiros ambiental ou saneamento.Poluentes do Solo: Substâncias que poluem o solo. Use para poluentes do solo em geral ou para aqueles que não tenham um título específico.Microbiologia do Solo: Presença de bactérias, vírus, e fungos no solo. A expressão não se restringe a organismos patogênicos.Hidrocarbonetos: Cada um dos compostos químicos resultantes da combinação do carbono com o hidrogênio, substância combustível fóssil que se encontra em jazigos subterrâneos. Este termo refere-se basicamente ao petróleo em todas as suas manifestações, inclusive os petróleo cru, óleo combustível, os lodos, os resíduos petrolíferos e os produtos de refinamento, assim como os listados nos anexos do MARPOL 73/78. (Material IV - Glosario de Protección Civil, OPAS, 1992)Petróleo: Hidrocarbonetos líquidos e complexos, de ocorrência natural, que após destilação permitem obter combustíveis, compostos petroquímicos e lubrificantes.Poluentes Químicos da Água: Compostos químicos que poluem a água dos rios, córregos, lagos, mar, reservatórios ou outros corpos aquáticos.Clorofenóis: Fenóis substituídos por um ou mais átomos de cloro em qualquer posição.Alcanos: O nome genérico para o grupo de hidrocarbonetos alifáticos Cn-H2n+2. São denominados pelo sufixo -ano.Bactérias: Um dos três domínios da vida, também denominado Eubacterias (os outros são Eukarya e ARCHAEA). São micro-organismos procarióticos, unicelulares, com parede celular geralmente rígida. Multiplicam-se por divisão celular e apresentam três formas principais: redonda (cocos), bastonete (bacilos) e espiral (espiroquetas). Podem ser classificadas pela resposta ao OXIGÊNIO (aeróbicas, anaeróbicas, ou anaeróbicas facultativas), pelo modo de obter energia: quimiotróficas (via reação química) ou PROCESSOS FOTOTRÓFICOS (via reação com luz), quimiotróficas, pela fonte de energia química. As quimiolitotróficas (a partir de compostos inorgânicos) ou CRESCIMENTO QUIMIOAUTOTRÓFICO (a partir de compostos orgânicos), e pela fonte de CARBONO, NITROGÊNIO, etc. PROCESSOS HETEROTRÓFICOS (a partir de fontes orgânicas) e PROCESSOS AUTOTRÓFICOS (a partir de DIÓXIDO DE CARBONO). Podem também ser classificadas por serem coradas ou não (com base na estrutura da PAREDE CELULAR) pelo CRISTAL VIOLETA: Gram-positivas ou Gram-negativas.Esgotos: Líquido ou matéria residual que corre nos esgotos.Microbiologia da Água: Presença de bactérias, vírus e fungos na água. A expressão não se restringe [apenas] aos organismos patogênicos.Fenol: Álcool aromático antisséptico e desinfetante.ClorobenzenosÓleos Combustíveis: Produtos líquidos que são queimados para geração de calor; inclui óleos para aquecimento, para estufas e fornalhas.Tolueno: Solvente industrial amplamente utilizado.Creosoto: Substância gordurosa com odor de fumaça e gosto de queimado, produzido por tratamento a alta temperatura de FAIA e outra MADEIRA, ALCATRÃO ou resina da CREOSOTO (PLANTA). Contém CRESÓIS e HIDROCARBONETOS POLICÍCLICOS AROMÁTICOS que são CARCINÓGENOS. Tem sido amplamente utilizado como conservante de madeira e em PESTICIDAS e inicialmente utilizados clinicamente em DESINFETANTES, LAXATIVOS e AGENTES DERMATOLÓGICOS.Pseudomonas: Gênero de bactérias em forma de bastonete, Gram-negativas e aeróbias, que são amplamente distribuídas na natureza. Algumas espécies são patogênicas a humanos, animais e plantas.Rhodococcus: Gênero de bactérias da ordem ACTINOMYCETALES.Biotransformação: Alteração química de uma substância exógena por/ou em um sistema biológico. A alteração pode inativar o composto ou pode resultar na produção de um metabólito ativo de um composto precursor inativo. As alterações podem ser divididas em DESINTOXICAÇÃO METABÓLICA FASE I e DESINTOXICAÇÃO METABÓLICA FASE II.tert-Butil ÁlcoolSphingomonas: Gênero de bactérias Gram-negativas aeróbias, em forma de bastonete, que são caracterizadas por membrana externa que contém glicoesfingolipídeos, mas não contém lipopolissacarídeos. Possuem a habilidade de degradar ampla variedade de compostos aromáticos substituídos.Clorobenzoatos: Ácido benzoico ou ésteres do ácido benzoico substituídos com um ou mais átomos de cloro.Poluição Química da Água: Efeitos adversos em corpos aquáticos (LAGOS, RIOS, mares, água subterrânea etc.) causados por POLUENTES QUÍMICOS DA ÁGUA.Hidrocarbonetos Aromáticos: Compostos orgânicos contendo carbono e hidrogênio na forma de uma estrutura insaturada, geralmente com anel hexagonal. Os compostos podem ser um único anel, duplos, triplos ou múltiplos anéis fundidos.CresóisScenedesmus: Gênero de ALGAS VERDES da família Scenedesmaceae. Forma colônias geralmente de quatro ou oito células cilíndricas que são amplamente distribuídas na água doce e no SOLO.Tricloroetileno: Anestésico inalante altamente volátil utilizado principalmente em procedimentos cirúrgicos curtos, onde uma anestesia leve com boa analgesia se faz necessária. É também utilizado como solvente industrial. A exposição prolongada à altas concentrações do vapor pode levar à um prejuízo neurológico, além de ser cardiotóxico.Pentaclorofenol: Inseticida e herbicida que também tem sido utilizado como um conservante de madeira. O pentaclorofenol é um poluente ambiental de ampla distribuição. Tanto o envenenamento crônico como o agudo é de interesse médico. A extensão de suas ações biológicas é ainda ativamente investigada, porém, por ser sabidamente um inibidor enzimático potente, tem sido usado como ferramenta experimental.Poluentes da Água: Substâncias ou organismos que poluem a água ou corpos aquáticos. Geralmente empregado para poluentes da água ou para aqueles sem título específico.Dicloroetilenos: Hidrocarbonetos insaturados clorados e tóxicos. Incluem tanto o isômero 1,1- como o 1,2-dicloro. Ambos os isômeros são tóxicos, porém o 1,1-dicloroetileno é mais potente como depressor do sistema nervoso central e como hepatotoxina. É utilizado na manufatura de polímeros termoplásticos.Tensoativos: Substâncias que modificam a tensão superficial da água. Costumam ser substâncias que apresentam um grupo lipofílico e outro hidrofílico na [mesma] molécula; incluem sabões, detergentes, emulsificantes, dispersantes e umectantes, e vários grupos de antissépticos.Ralstonia: Gênero na família BURKHOLDERIACEAE, composto por muitas espécies. Estão associados com uma variedade de infecções, incluindo MENINGITE, PERITONITE e INFECÇÕES URINÁRIAS.Derivados de BenzenoPropanoBenzeno: Hidrocarboneto aromático, líquido, inflamável, volátil e tóxico, subproduto da destilação do carvão. É utilizado como solvente industrial em tintas, verniz, diluente para laca, gasolina, etc. O benzeno causa lesão aguda no sistema nervoso central e lesão crônica na medula óssea, sendo ainda carcinogênico. Antigamente era usado como parasiticida.FenantrenosAerobiose: Reações vitais ou metabólicas que ocorrem em um meio ambiente contendo oxigênio.Cloreto de Vinil: Gás que tem sido utilizado como um propelente aerossol e é o material de início para as resinas polivinílicas. Estudos de toxicidade mostraram vários efeitos adversos, particularmente a ocorrência de neoplasias hepáticas.Lindano: Inseticida organoclorado que tem sido utilizado como pediculicida e escabicida. Propõe-se que seja causador de câncer.Poluentes Ambientais: Substâncias ou energias, por exemplo, calor ou luz, que, ao serem introduzidas no ar, água ou solo, ameaçam a vida ou a saúde de indivíduos ou ECOSSISTEMAS.Anaerobiose: Ausência completa (ou apenas deficiência) de oxigênio elementar gasoso ou dissolvido, em um dado lugar ou ambiente.Ácido 2,4-Diclorofenoxiacético: Herbicida com efeitos irritantes no olho e sistema gastrointestinal.Lignina: Polímero orgânico aromático natural mais abundante em todas as plantas vasculares. A lignina junto com a celulose e a hemicelulose são os principais componentes da parede celular das fibras de todas as madeiras e espécies de gramas. A lignina é composta por coniferil, p-comaril e álcoois sinapil em diferentes proporções em diversas espécies de plantas. (Tradução livre do original: Merck Index, 11th ed)Metano: O hidrocarboneto saturado mais simples. É um gás incolor, inflamável, levemente solúvel em água. É um dos principais constituintes do gás natural e é formado pela decomposição de matéria orgânica.Polyporaceae: Família de fungos basidiomicetos (ordem POLYPORALES) que vivem na matéria vegetal em decomposição e madeira.Dioxigenases: Enzimas não heme contendo ferro e que incorporam dois átomos de OXIGÊNIO ao substrato. São importantes na biossíntese de FLAVONOIDES, GIBERELINAS e HIOSCIAMINAS e na degradação dos HIDROCARBONETOS AROMÁTICOS.Fenóis: Derivados de benzeno que incluem um ou mais grupos hidroxila ligados à estrutura em anel.Dodecanol: Álcool graxo saturado de 12 carbonos obtidos de ácidos graxos do óleo de coco. Possui um odor floral e é utilizado em detergentes, óleos lubrificantes e em compostos farmacêuticos. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 5th ed)Lixo: Material inutil, indesejável ou descartado, com conteúdo líquido insuficiente para que possa fluir livremente.Pseudomonas putida: Espécie de bactérias Gram-negativas aeróbias que são isoladas do solo e da água, assim como de amostras clínicas. Ocasionalmente é um patógeno oportunista.Gasolina: Combustível volátil inflamável (hidrocarbonetos líquidos) obtido a partir do petróleo bruto através de processos como destilação, [craqueamento], reforma [catalítica], polimerização, etc.Xilenos: Família de hidrocarbonetos líquidos, aromáticos, incolores e isoméricos que contém a fórmula geral C6H4(CH3)2. São produzidos pela destilação destrutiva de carvão ou pela reformulação catalítica das frações naftênicas do petróleo. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 5th ed)Bactérias AeróbiasDibrometo de Etileno: Substância eficiente para fumigação do solo, inseticida e nematocida. Em humanos, causa queimaduras graves na pele e irritação nos olhos e trato respiratório. A inalação prolongada pode causar necrose hepática. É utilizado também em gasolina. Membros deste grupo tem causado câncer hepático e pulmonar em roedores. De acordo com o Quarto Relatório Anual em Carcinógenos (NTP 85-002, 1985), o 1,2-dibromoetano pode seguramente ser considerado antecipadamente como um carcinógeno.Água Doce: Água contendo quantidades insignificantes de sais, como as águas dos RIOS e LAGOS.Ácido Nitrilotriacético: Derivado do ácido acético, N(CH2COOH)3. É um agente sequestrador que forma complexos estáveis com Zn2+.Arthrobacter: Gênero de bactérias asporogênicas isoladas do solo que apresentam distinto ciclo de crescimento bacilo-coco.Benzoato de Sódio: O sal de sódio do ÁCIDO BENZOICO. É utilizado como antifúngico, para preservar preparações farmacêuticas e alimentos. Pode ser utilizado também para testar a função hepática.Hidrocarbonetos HalogenadosResíduos Industriais: Resíduos sem uso, danificados, defeituosos, supérfluos ou efluentes provenientes de processos industriais.Decanoatos: Sais e ésteres do ácido decanoico, ácido monocarboxílico de dez carbonos.Basidiomycota: Filo de fungos que produzem seus esporos sexuais (basidiósporos) na parte externa do basídio. Inclui formas popularmente conhecidas como cogumelos, boletos, bufas-de-lobo, "estrelas terrestres" (earthstars), fungos do ninho de aves, fungos de gelatina, fungos de suporte ou de prateleira, e bolores.Octanos: Grupo de hidrocarbonetos saturados com oito carbonos da série dos metanos. Incluem os isômeros e os derivados.Consórcios Microbianos: Grupo de diferentes espécies de microrganismos que agem juntos como uma comunidade.Lacase: Enzima oxidorredutase contendo cobre que catalisa a oxidação de 4-benzenodiol em 4-benzosemiquinona. Também tem atividade para vários O-quinóis e P-quinóis. É encontrada principalmente em FUNGOS e está envolvida na degradação da LIGNINA, biossíntese de pigmentos e na desintoxicação de produtos derivados da lignina.RNA Ribossômico 16S: Constituintes da subunidade 30S dos ribossomos procarióticos contendo 1600 nucleotídeos e 21 proteínas. O RNAr 16S encontra-se envolvido no início da síntese polipeptídica.Dicloretos de Etileno: Hidrocarbonetos saturados, clorados e tóxicos. Incluem tanto o isômero 1,1- como o 1,2-dicloro. O último é consideravelmente mais tóxico. Possui um gosto adocicado, odor etéreo e foi utilizado como substância para a fumigação e como intoxicante entre os descongestionantes. Possui muitos usos industriais e domésticos.Oxigenases: Oxidases que especificamente introduzem átomos de oxigênio derivados de dioxigênio em uma variedade de moléculas orgânicas.Plásticos Biodegradáveis: Materiais poliméricos orgânicos que podem ser quebrados por processos naturais que ocorrem naturalmente. Incluem-se os plásticos criados a partir de materiais biológicos ou petroquímicos.Catecóis: Grupo de 1,2-benzenodióis que contêm a fórmula geral R-C6H5O2.Trinitrotolueno: 2,4,6-trinitrotolueno, explosivo químico que pode causar irritação cutânea e outras consequências tóxicas.Naftalenos: Hidrocarbonetos cristalinos de dois anéis, isolados do alcatrão da hulha. São usados como intermediários na síntese química, como repelentes de insetos, fungicidas, lubrificantes, conservantes e, antigamente, como antissépticos tópicos.Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos: Grupo importante de hidrocarbonetos cíclicos insaturados contendo dois ou mais anéis. O vasto número de compostos deste grupo importante, derivados principalmente do petróleo e do alcatrão da hulha, são altamente reativos e quimicamente versáteis. O nome é devido ao odor forte e não desagradável, característico da maioria das substâncias desta natureza. (Tradução livre do original: Hawley's Condensed Chemical Dictionary, 12th ed, p96)Eliminação de Resíduos Líquidos: Aplica-se a soluções adotadas para a eliminação de águas residuárias exceto as indicadas por descritor mais específico.Eliminação de Resíduos: Descarte ou destruição do lixo, esgoto ou outro dejeto, ou sua transformação em algo útil ou inócuo.Cromatografia Gasosa-Espectrometria de Massas: Técnica microanalítica que combina espectrometria de massas e cromatografia gasosa para determinação qualitativa e quantitativa de compostos.Phanerochaete: Gênero de fungos da família Corticiaceae, ordem Stereales, que degradam lignina. O fungo de decomposição branca, Phanerochate chrysosporium, é uma espécie frequentemente usada em pesquisa.Bromobenzoatos: Ácido benzoicos ou ésteres do ácido benzoico substituídos com um ou mais átomos de bromo.Reatores Biológicos: Ferramentas ou dispositivos para gerar produtos utilizando a capacidade de conversão sintética ou química de um sistema biológico. Eles podem ser fermentadores clássicos, sistemas de perfusão em cultura de células ou enzimas biorreatoras. Para produção de proteínas ou enzimas, geralmente são escolhidos micro-organismos recombinantes tais como bactérias, células de mamíferos ou insetos ou células de plantas.Biotecnologia: Corpo de conhecimento relacionado ao uso de organismos, células ou constituintes derivados das células com o propósito de desenvolver produtos que são técnica, científica e clinicamente úteis. O objetivo principal é o estudo da alteração da função biológica no nível molecular (ou seja, ENGENHARIA GENÉTICA) e os métodos laboratoriais usados incluem as tecnologias de TRANSFECÇÃO e CLONAGEM, análise algorítmica de sequência e estrutura, bases de dados de computadores, e análise e predição da função estrutural gênica e proteica.Betaproteobacteria: Classe de bactérias (filo PROTEOBACTÉRIAS) composta por quimioeterótrofos e quimioautótrofos que transformam nutrientes a partir de matéria orgânica em decomposição.Poluição por Petróleo: Liberação de óleo no ambiente geralmente devida à atividade humana.Implantes Absorvíveis: Implantes feitos de materiais desenvolvidos para serem absorvidos pelo corpo sem produzir uma resposta imune. Usualmente são compostos de plásticos e são frequentemente usados em ortopedia e ortodontia.Água do Mar: Água salinizada dos OCEANOS E MARES que supre habitat para organismos marinhos.Sphingomonadaceae: Família de bactérias Gram-negativas, em forma de bastonetes não esporogênicos ou células ovoides, aeróbicas ou quimiorganótrofas anaeróbicas facultativas. Geralmente isoladas do SOLO, lodo ativado ou ambientes marinhos.Cloreto de Metila: Hidrocarboneto utilizado como um solvente industrial. Foi utilizado como propelente de aerossol, como refrigerante e anestésico local.Ochrobactrum: Gênero da família BRUCELLACEAE composto de bacilos Gram-negativos aeróbios obrigatórios, com lados paralelos e extremidades arredondadas.Pseudomonas alcaligenes: Espécie de bactéria Gram-negativa do gênero PSEUDOMONAS. Não pode utilizar FRUTOSE, GLUCOSE ou MALTOSE para obter energia.Fungos: Reino de organismos eucarióticos e heterotróficos que vivem parasitariamente como sáprobios, incluindo COGUMELOS, LEVEDURAS, fuligens, bolores ou mofos, etc. Reproduzem-se sexuada ou assexuadamente e possuem ciclos de vida que variam de simples a complexo. Os fungos filamentosos, geralmente conhecidos como 'mofo', referem-se àqueles que crescem como colônias multicelulares.Pleurotus: Gênero de fungos basidiomicetos (família POLYPORACEAE, ordem POLYPORALES) que crescem (em tocos ou árvores derrubadas) em camadas como prateleiras. A espécie 'P. ostreatus', (Cogumelo Ostra), é um excelente comestível e o membro deste gênero mais encontrado no leste da América do Norte. (Tradução livre do original: Alexopoulos et al., Introductory Mycology, 4th ed, p 531)Meios de Cultura: Qualquer preparação líquida ou sólida preparada especificamente para o crescimento, armazenamento ou transporte de micro-organismos ou outros tipos de células. A variedade de meios existentes (como os meios diferenciados, seletivos, para teste, e os definidos) permite o cultivo de micro-organismos e tipos celulares específicos. Os meios sólidos são constituídos de meios líquidos que foram solidificados com um agente como AGAR ou GELATINA.Sedimentos Geológicos: Massa de material sólido fragmentado, orgânico ou inorgânico, ou o próprio fragmento sólido, que vem do desgaste das rochas, sendo transportado, suspenso ou aprisionado pelo ar, água ou gelo. Refere-se também a uma massa acumulada por qualquer outro agente natural e que se deposita em camadas na superfície terrestre, como areia, pedregulhos, lodo, lama, terra ou argila.Oxirredução: Reação química em que um elétron é transferido de uma molécula para outra. A molécula doadora do elétron é o agente de redução ou redutor; a molécula aceitadora do elétron é o agente de oxidação ou oxidante. Os agentes redutores e oxidantes funcionam como pares conjugados de oxidação-redução ou pares redox (tradução livre do original: Lehninger, Principles of Biochemistry, 1982, p471).Substâncias Explosivas: Substâncias energeticamente instáveis que podem gerar uma expansão súbita de material, denominada explosão, acompanhada de calor, pressão e ruído. Outras coisas que foram descritas como explosivas e que não foram incluídas aqui são o aquecimento da ação do laser, o comportamento humano, surtos epidêmicos súbitos ou rápido crescimento celular.DNA Ribossômico: Sequências de DNA que codificam o RNA RIBOSSÔMICO e os segmentos de DNA separando os genes individuais do RNA ribossômico, citados como DNA ESPAÇADOR RIBOSSÔMICO.Análise de Sequência de DNA: Processo de vários estágios que inclui clonagem, mapeamento físico, subclonagem, determinação da SEQUÊNCIA DE DNA e análise de informação.Solo: Mineral inconsolidado ou matéria orgânica na superfície da terra que serve como meio natural para o crescimento de plantas terrestres.Burkholderia: Gênero de bactérias em bastonete, Gram-negativas e aeróbias. Organismos deste gênero haviam sido previamente classificados como membros do gênero PSEUDOMONAS, mas grandes achados químicos e bioquímicos indicaram a necessidade de separá-los das outras espécies de Pseudomonas, e assim o gênero foi criado.Biomassa: Massa total de todos os organismos de determinado tipo e/ou de uma área específica. Inclui o rendimento de massa vegetativa produzida em uma colheita específica.Tetra-Hidronaftalenos: Compostos parcialmente saturados de 1,2,3,4-tetra-hidronaftaleno.Adipatos: Derivados do ácido adípico. Incluído sob este descritor está uma ampla variedade de formas de ácidos, sais, ésteres e amidas que contêm uma estrutura alifática terminada com carboxila-1,6.Herbicidas: Pesticidas usados para destruir a vegetação indesejada, especialmente vários tipos de ervas daninhas, gramas (POACEAE) e plantas lenhosas. Algumas plantas desenvolvem RESISTÊNCIA A HERBICIDA.Gordonia (Bactéria): Gênero de BACTÉRIAS (família Gordoniaceae) Gram-positivas, isoladas do solo e da saliva de pacientes com desordens torácicas. Também utilizadas na biotransformação de produtos naturais.Bactérias AnaeróbiasResíduos de Drogas: Drogas e seus metabólitos, encontrados nos tecidos comestíveis e no leite de animais depois, de serem medicados com drogas específicas. Aplica igualmente às drogas encontradas no tecido adiposo de humanos depois de um tratamento farmacológico.Dados de Sequência Molecular: Descrições de sequências específicas de aminoácidos, carboidratos ou nucleotídeos que apareceram na literatura publicada e/ou são depositadas e mantidas por bancos de dados como o GENBANK, European Molecular Biology Laboratory (EMBL), National Biomedical Research Foundation (NBRF) ou outros repositórios de sequências.Atrazina: Herbicida seletivo de triazina . O risco da inalação é baixo e não há manifestações aparentes na pele ou outra toxicidade em humanos. Rebanhos de ovinos e bovinos com envenenamento agudo podem apresentar espasmos musculares, fasciculações, rigidez na marcha, aumento da taxa respiratória , degeneração adrenal, congestão pulmonar, hepática e renal. (Tradução livre do original: The Merck Index, 11th ed)Arocloros: Produtos químicos industriais que se tornaram poluentes ambientais amplamente espalhados. Cada arocloro é um mistura de bifenilas policloradas (série 1200) ou terfenilas clorados (série 5400) ou uma combinação de ambos (série 4400).Redes e Vias Metabólicas: Conjuntos complexos de reações enzimáticas interconectadas através dos produtos e metabólitos dos substratos.Compostos Orgânicos: Ampla classe de substâncias que contêm carbono e seus derivados. Muitas dessas substâncias químicas irão conter frequentemente hidrogênio com ou sem oxigênio, nitrogênio, enxofre, fósforo e outros elementos. Eles existem tanto na forma de cadeias como na forma de anéis carbônicos.Acenaftenos: Derivados tricíclicos do naftaleno com ponte de etileno. São encontrados em resíduos de petróleo e no alcatrão da hulha, e usados como intermediários de corantes, na manufatura de plásticos e em inseticidas e fungicidas.Trametes: Gênero de fungos da família Coriolaceae.Bifenilos Policlorados: Produtos industriais constituídos por uma mistura de isômeros e congêneres bifenil clorado. Esses compostos são altamente lipofílicos e têm a tendência de se acumularem em armazenamentos de gordura nos animais. Muitos destes compostos são considerados tóxicos e poluentes ambientais em potencial.Reciclagem: Extração e recuperação de material útil ou valioso a partir de lixo ou outros materiais descartados. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed.)Compostos de AnilinaDióxido de Carbono: Gás incolor, inodoro, não venenoso, componente do ar ambiental, também chamado de dióxido de carbono. É um produto normal da combustão de materiais orgânicos e da respiração. Tem um importante papel na vida dos animais e das plantas.Comamonadaceae: Família de bactérias Gram-negativas aeróbias da classe PROTEOBACTERIAS BETA, que abrange o complexo acidovorans de RNAr. Algumas espécies são patogências para PLANTAS.Triazinas: Anéis heterocíclicos contendo três átomos de nitrogênio, geralmente nos formatos 1,2,4 ou 1,3,5 ou 2,4,6. Alguns são utilizados como HERBICIDAS.Xanthobacter: Gênero de bactérias Gram-negativas aeróbias, em forma de bastonete, que são encontradas no solo úmido contendo matéria orgânica em decomposição e na água. As células tendem a ser pleomórficas se cultivadas em meio contendo succinato, ou cocoides se cultivadas na presença de um álcool como única fonte de carbono.Ácidos Ftálicos: Grupo de compostos que possui a estrutura geral de um anel benzênico substituído por um ácido dicarboxílico (ácido dicarboxílico aromático). O orto-isômero é usado na fabricação de corantes.Alcaligenes: Gênero de bactérias Gram-negativas, aeróbias e com motilidade que ocorrem na água e no solo. Algumas são habitantes comuns do trato intestinal de vertebrados. Estas bactérias ocasionalmente causam infecções oportunistas em humanos.Carbono-Carbono Liases: Enzimas que catalisam a clivagem de uma ligação carbono-carbono por meios outros além da hidrólise ou oxidação. Esta subclasse contém as DESCARBOXILASES, as ALDEÍDO-LIASES e as OXO-ÁCIDO-LIASES. EC 4.1.Catecol 1,2-Dioxigenase: Enzima que cataliza a oxidação de catecol a ácido mucônico utilizando Fe3+ como co-fator. Esta enzima foi anteriormente caracterizada como EC 1.13.1.1 e EC 1.99.2.2.DNA Bacteriano: Ácido desoxirribonucléico que forma o material genético de bactérias.Polietileno: Material plástico que produz gases tóxicos ao ser incinerado; frequentemente usado em garrafas, embalagens para alimentos, bolsas, pratos e talheres descartáveis (Material IV - Glosario de Protección Civil, OPAS, 1992)Micélio: Corpo do fungo que é formado por HIFAS.Compostos de TritilNitrofenóisÁcidos Carboxílicos: Compostos orgânicos contendo o grupo carboxi (-COOH). Este grupo de compostos inclui os aminoácidos e ácidos graxos. Os ácidos carboxílicos podem ser saturados, insaturados ou aromáticos.Microbiologia: Estudo de micro-organismos, como fungos, bactérias, algas, archae e vírus.Gerenciamento de Resíduos: Descarte, processamento, controle, reciclagem, e reutilização de sólidos, líquidos e gases provenientes de plantas, animais, humanos e outros organismos. Inclui o controle dentro de um sistema ecológico fechado para manter um ambiente habitável.Poluição Ambiental: Contaminação do ar, corpos d'água ou territórios com substâncias que são danosas à saúde humana e ao ambiente.Ácidos Alcanossulfônicos: Ácidos sulfônicos derivados, sendo substituídos com um grupo hidrocarboneto alifático.Água Subterrânea: 1) Água na forma líquida presente abaixo da superfície da terra (MeSH). 2) Água do subsolo ocupando a zona saturada.Ácido 2,4,5-Triclorofenoxiacético: Herbicida com poderosas propriedades irritantes. O uso deste composto em campos de arroz, pomares, canaviais, pradarias e outros locais sem plantação foi suspenso pelo EPA em 1985. (Tradução livre do original: Merck Index, 11th ed).Carbono: Elemento não metálico com símbolo atômico C, número atômico 6 e massa atômica [12,0096; 12,0116]. Pode ocorrer como vários alótropos diferentes, entre eles, DIAMANTE, CARVÃO VEGETAL, GRAFITE e como FULIGEM a partir de queima incompleta de combustível.Flavobacterium: Gênero de bactérias em bastonetes que são Gram-negativas e aeróbias, amplamente distribuídas no SOLO e na ÁGUA. Seus organismos também são encontrados em carnes cruas, LEITE e outros ALIMENTOS, ambientes hospitalares e amostras clínicas de humanos. Algumas espécies são patogênicas em humanos.Hidrocarbonetos Clorados: Hidrocarbonetos compostos com um ou mais hidrogênios substituídos por CLORO.Poliésteres: Polímeros de ácidos e álcoois orgânicos, [unidos por] ligações éster -- geralmente tereftalato de polietileno; pode ser transformado em plástico rígido, em filmes ou fitas, ou [ainda] em fibras que podem ser entrelaçadas formando tecidos, malhas ou veludos.Minerais: Substâncias orgânicas fossilizadas ou inorgânicas, naturais, que apresentam uma composição química definida e formadas por reações inorgânicas. Podem apresentar-se sob a forma de cristais individuais ou podem estar disseminadas em outros minerais ou rochas.Óleos: Substâncias gordurosas, combustíveis, na forma líquida ou facilmente liquefativa e que são solúveis em éter e por aquecimento, mas insolúveis em água. Estas substâncias, dependendo da origem, são classificadas como óleos animais, minerais ou vegetais. Dependendo do seu comportamento ao aquecimento, são classificados como voláteis ou fixos. (Dorland, 28a ed)Filogenia: Relacionamentos entre grupos de organismos em função de sua composição genética.Xenobióticos: Substâncias químicas estranhas ao sistema biológico. Compreendem compostos de ocorrência natural, drogas, agentes ambientais, carcinógenos, inseticidas, etc.Brevibacterium: Organismo Gram-positivo encontrado em derivados do leite, águas doce e salgada, organismos marinhos, insetos e matéria orgânica em decomposição.Microscopia Eletrônica de Varredura: Microscopia em que o objeto é examinado diretamente por uma varredura de feixe de elétrons na amostra ponto-a-ponto. A imagem é construída por detecção de produtos de interação da amostra que são projetados acima do seu plano como elétrons dispersos no plano oposto. Embora a MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE TRANSMISSÃO também varra ponto-a-ponto a amostra com o feixe de elétrons, a imagem é construída pela detecção de elétrons, ou de seus produtos de interação que são transmitidos através do plano da amostra, formando desta maneira, a MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE TRANSMISSÃO.Cinética: Taxa dinâmica em sistemas químicos ou físicos.Carbaril: Carbamato inseticida e parasiticida. É uma anticolinesterase potente pertencendo ao grupo dos carbamatos inibidores reversíveis da colinesterase. Possui toxicidade particularmente baixa quando absorvido pela pele e é utilizado em alguns países no controle de piolhos-da-cabeça.Dicofol: Inseticida organoclorado.Nitratos: Ésteres e sais inorgânicos ou orgânicos do ácido nítrico. Esses compostos possuem o radical NO3-.Poloxaleno: Copolímero do polietileno e do polipropileno éter de glicol. É um agente poliol superfície-ativo não iônico utilizado em medicina como um amaciante fecal e no gado, na prevenção da intumescência.Teste de Materiais: Teste de materiais e dispositivos, especialmente os usados para PRÓTESES E IMPLANTES; SUTURAS; ADESIVOS TECIDUAIS, etc., para dureza, força, durabilidade, segurança, eficácia e biocompatibilidade.Purificação da Água: Qualquer dos vários processos em que as impurezas indesejáveis da água são removidas ou neutralizadas; por exemplo, cloração, filtração, tratamento primário, troca iônica e destilação. Inclui o tratamento da ÁGUAS RESIDUAIS para disponibilizar água potável e higiênica em ambiente controlado ou fechado, bem como a provisão de suprimento de água potável para o público.Adsorção: Adesão de gases, líquidos ou substâncias dissolvidas em superfícies. Inclui fenômenos adsortivos de bactérias e vírus a superfícies. A ABSORÇÃO da substância pode se seguir, mas não necessariamente.Resíduos Radioativos: Resíduos líquidos, sólidos ou gasosos resultantes da mineração do minério radioativo, produção de combustíveis nucleares, operação do reator, processamento de combustíveis nucleares irradiados e operações relacionadas, e do uso dos materiais radioativos na pesquisa, indústria e medicina. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed)Achromobacter: Gênero de bacilos Gram-negativos estritamente aeróbios, não esporogênicos. O solo e a água são considerados seu habitat natural. São algumas vezes isolados de ambiente hospitalar e humanos.Ramnose: Metilpentose cujo L-isômero é encontrado naturalmente em muitos glicosídeos vegetais e em lipopolissacarídeos de algumas bactérias Gram-negativa.Resinas Vegetais: Mistura de ácidos carboxílicos, óleos essenciais e terpenos, que ocorre sob a forma de exsudações em várias árvores e arbustos, ou é produzida sinteticamente. As resinas são semissólidos ou sólidos amorfos altamente combustíveis que são insolúveis em água, enquanto algumas são solúveis em etanol e outras em tetracloreto de carbono, éter e óleos voláteis. A maioria é mole e viscosa, mas endurece após exposição ao frio. (Dorland, 28a ed)Aminofenóis: Fenóis substituídos em qualquer posição por um grupo amino.Análise da Demanda Biológica de Oxigênio: Teste da quantidade de material orgânico biodegradável em uma amostra de água por meio da medição do oxigênio consumido pela biodegradação destes materiais ao longo de um período de tempo.PeroxidasesTensão Superficial: Força que age na superfície de um líquido, tendendo a minimizar a área da superfície. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Benzoatos: Derivados do ÁCIDO BENZOICO. Sob este descritor está uma ampla variedade de formas de ácidos, sais, ésteres e amidas que contêm a estrutura carboxibenzeno.Poluição da Água: Contaminação de corpos d'água (como LAGOS, RIOS, OCEANOS E MARES e ÁGUAS SUBTERRÂNEAS).AcetilenoRalstonia pickettii: A espécie tipo está no gênero RALSTONIA frequentemente encontrada nas alas hospitalares como contaminante de soluções antissépticas e desinfetantes.1-Propanol: Líquido incolor produzido pela oxidação de hidrocarbonetos alifáticos que são utilizados como solventes e reagentes intermediários.Compostos Policíclicos: Compostos que consistem de duas ou mais estruturas fundidas em anel.Stenotrophomonas: Gênero de bactérias Gram-negativas, aeróbias, em forma de bastonete e com motilidade, que haviam sido anteriormente classificadas como parte do gênero XANTHOMONAS.Caprolactama: Amida cíclica do ácido caproico utilizada na fabricação de fibras sintéticas do tipo poliamida. Pode causar irritação local.Aldrina: Substância altamente tóxica que fora antigamente utilizada como inseticida. Sua fabricação e utilização foi interrompida nos Estados Unidos.Cebolas: Plantas herbáceas bianuais e seus bulbos comestíveis, que pertencem às liliáceas (LILIACEAE).Materiais Biocompatíveis: Materiais sintéticos ou naturais (exceto as drogas), usados para substituir ou reparar qualquer tecido ou função do corpo.Corrosão: 1) Deterioração ou destruição progressiva de um metal ou liga devido à oxidação ou à ação de um agente químico. (Tradução livre de McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th Ed) 2) Ação desgastadora da água sobre as paredes de um canal ou tubulações devido a sua grande velocidade (Repidisca).Alcanossulfonatos: Ésteres orgânicos ou sais derivados do ácido sulfônico contendo um radical hidrocarboneto alifático.Linurona: Herbicida seletivo pré- e pós-emergente.Biota: Abrangência de organismos vivos diferentes que habitam uma determinada região, habitat ou biótopo.Madeira: Produto duro do xilema secundário (composto por CELULOSE, hemicelulose e LIGNANAS) que está sob a casca das árvores e arbustos. É usado na construção, como fonte de CARVÃO VEGETAL e muitos outros produtos.Eutrofização: Enriquecimento de um ECOSSISTEMA aquático ou terrestre pela adição de nutrientes, especialmente nitrogênio e fósforo, que resulta em um crescimento excessivo de plantas, ALGAS ou outros produtores primários. Pode ser um processo natural ou o resultado da atividade humana, tal como resíduos de agricultura ou poluição pelo escoamento de esgoto. Em ecossistemas aquáticos, um aumento na população de algas é denominado de floração de algas.FitolRadioisótopos de Carbono: Isótopos de carbono instáveis que se decompõem ou desintegram emitindo radiação. Átomos de carbono com pesos atômicos 10, 11 e 14-16 são radioisótopos de carbono.Fibroínas: Proteínas fibrosas secretadas por INSETOS e ARANHAS. De modo geral, o termo se aplica à fibroína secretada pelas células da glândula da seda do Bombyx mori (BICHOS-DA-SEDA). As fibroínas das aranhas são denominadas fibroínas espidroínas ou draglinas da seda.Hidrogênio: Hidrogênio. O primeiro elemento da tabela periódica. Possui símbolo atômico H, número atômico 1 e peso atômico [1.00784; 1.00811]. Existe, sob condições normais, como um gás bi-atômico incolor, inodoro e insípido. Os íons de hidrogênio são PRÓTONS. Além do comum isótopo H1, o hidrogênio ainda existe nas formas do isótopo estável, DEUTÉRIO e do isótopo instável, o TRÍTIO.Ecossistema: 1) Sistema funcional que inclui os organismos de uma comunidade natural junto a seu ambiente. (MeSH/NLM)(Tradução livre do original: McGraw Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed) 2)Sistema aberto integrado pelos organismos vivos (inclusive o homem) e os elementos não vivos de um setor ambiental definido no tempo e no espaço, cujas propriedades globais de funcionamento e autorregulação derivam da interação entre seus componentes, tanto pertencentes aos sistemas naturais como aqueles modificados ou organizados pelo próprio homem. 3) Complexo constituído pelo biótopo e pela biocenose (Material III - Ministério da Ação Social, Brasília, 1992)Regiões Árticas: Região que abrange o Oceano Ártico, as terras nele e adjacentes a ele. Inclui a Ponta Barrow (no Alasca), a maioria do Distrito de Franklin no Canadá, dois terços da Groenlândia, o arquipélago de Esvalbarda, o arquipélago de Franz Josef Land, a Lapônia, o arquipélago de Novaya Zemlya e a Sibéria Setentrional. (Tradução livre do original: Webster's New Geographical Dictionary, 1988, p66)Éteres Metílicos: Grupo de compostos que contêm a fórmula geral R-OCH3.Comamonas testosteroni: Espécie de bacilo Gram-negativo aeróbio, previamente chamado Pseudomonas testosteroni. Diferencia-se de outras espécies de Comamonas por sua capacidade de assimilar testosterona e utilizar fenilacetato ou maleato como fontes de carbono.Mantenedor de EspaçoCombustíveis Fósseis: 1) Qualquer depósito de hidrocarbonetos que possa ser usado como combustível, por ex. petróleo, carvão e gás natural (MeSH/NLM). 2) Produtos derivados de restos de plantas e animais que viveram na Terra em épocas muito anteriores ao surgimento do homem, como o carvão mineral, o petróleo e o gás mineral, o petróleo e o gás. (Material IV - Glosario de Protección Civil, OPAS, 1992)Diclorodifenildicloroetano: Inseticida organoclorado que é levemente irritante à pele.Polímeros: Compostos formados pela combinação de unidades menores, geralmente repetitivas, unidas por ligações covalentes. Estes compostos frequentemente formam grandes macromoléculas (p.ex., BIOPOLÍMEROS, PLÁSTICOS).Compostos de BifeniloMicroalgas: Termo não taxonômico para algas microscópicas unicelulares que são encontradas tanto em ambiente de água doce quanto no marinho. Alguns autores consideram as DIATOMÁCEAS, CIANOBACTÉRIAS, HAPTÓFITAS e DINOFLAGELADOS como parte das microalgas, apesar de não serem algas.Células Imobilizadas: Células microbianas, vegetais ou animais que são imobilizadas pela fixação a estruturas sólidas, usualmente uma matriz colunar. Um uso comum de células imobilizadas está na biotecnologia para a conversão de um substrato em um produto específico.Mirex: Inseticida organoclorado que é carcinógeno.Ácidos Sulfanílicos: Ácidos aminobenzenossulfônicos. Ácidos orgânicos utilizados na fabricação de corantes e químicos orgânicos, como reagentes.Enzimas: Moléculas de origem biológica que apresentam atividade catalítica. Podem ocorrer naturalmente ou ser criadas sinteticamente. Geralmente são proteínas, entretanto moléculas de RNA CATALÍTICO e DNA CATALÍTICO também foram identificadas.Heptacloro: Composto artificial utilizado anteriormente no controle de cupins e outros insetos. Embora sua fabricação tenha sido abolida gradualmente nos EUA durante a década de 80, ele continua no solo e em alguns depósitos de lixo perigoso. É claramente tóxico aos animais e seres humanos, mas a Agência Internacional de Pesquisas em Câncer (AIPC) determinou que o heptacloro não é classificável como carcinógeno para humanos. (Tradução livre do original: ATSDR Public Heath Statement, April 1989)Espectroscopia Infravermelho Transformada de Fourier: Técnica espectroscópica na qual uma faixa de comprimentos de onda é apresentada simultaneamente com um interferômetro e o espectro é matematicamente derivado do padrão que é então obtido.Benzotiazóis: Compostos com anel benzeno ligado ao anel tiazol.Compostos Benzidrílicos: Compostos que contêm o radical metil substituído com dois anéis benzenos. São permitidos todos os substituintes, porém a fusão de qualquer outro anel ao anel benzeno não é permitida.Agaricales: Vasta ordem de fungos basidiomicetos cujos corpos de frutificação são comumente chamados de cogumelos.