Aves: Vertebrados de sangue quente que possuem PLUMAS e pertencem à classe das Aves.Passeriformes: Ordem de AVES (de poleiro) largamente distribuídas, incluindo mais da metade de todas as espécies de aves.Aves Canoras: PASSERIFORMES (subordem Oscines) cujos tendões flexores dos dedos são separados, e a siringe inferior possui 4 a 9 pares de músculos tensores inseridos em ambas extremidades dos anéis traqueais. Incluem várias aves comumente conhecidas como CORVOS, TENTILHÕES, tordos, PARDAIS e ANDORINHAS.Migração Animal: Movimentos periódicos de animais em resposta as mudanças sazonais ou instintos reprodutivos. As alterações hormonais são os principais motivos desencadeadores, pelo menos em alguns animais. A maioria das migrações é realizada por mudanças climáticas, alimentação ou procriação.Plumas: Estruturas de queratina planas encontradas na superfície da pele de aves. Penas são feitas em parte de um eixo oco revestido de franjas. O conjunto delas constitui a plumagem.Charadriiformes: Ordem de AVES (mais de 300 espécies, como os pássaros costeiros, gaivotas e andorinhas do mar) que habitam primariamente águas, praias e pântanos costeiros.Voo Animal: Uso de asas ou apêndices semelhantes a asas para permanecer no ar ou se mover através do ar.Psittaciformes: Ordem de AVES composta de várias famílias e mais de 300 espécies. Inclui CACATUAS, PAPAGAIOS, PERIQUITOS, araras, e PERIQUITOS AUSTRALIANOS.Animais Selvagens: Animais considerados selvagens ou ferozes ou não adaptados a uso doméstico. Não inclui animais selvagens em zoológicos para os quais ANIMAIS DE ZOOLÓGICO está disponível.Papagaios: AVES da grande família Psittacidae, amplamente distribuídas em regiões tropicais que apresentam robusto bico curvo distinto. A família inclui AVES DO AMOR, PAPAGAIOS DA AMAZÔNIA, maritacas, PERIQUITOS e muitos outros tipos de papagaios.Anseriformes: Ordem de AVES compreendendo as aves aquáticas, particularmente PATOS, GANSOS, cisnes e 'screamers'.Galinhas: Nome vulgar dado a espécie Gallus gallus "ave doméstica" (família Phasianidae, ordem GALIFORME). São descendentes das aves selvagens vermelha do SUDESTE DA ÁSIA.Aves Predatórias: AVES que caçam e matam outros animais (especialmente vertebrados superiores) para se alimentar. Inclui a ordem FALCONIFORME (aves de rapina diurnas) que compreendem as ÁGUIAS, falcões, gaviões e outros, assim como a ordem STRINGIFORME (aves de rapina noturnas) como as CORUJAS.Galliformes: Ordem de AVES encorpadas, geralmente terrestres, como faisões, PERUS, galos, CODORNIZ e GALINHAS.Comportamento de Nidação: Comportamento animal relacionado com o ninho. Inclui a construção e os efeitos do tamanho e do material; comportamento do animal adulto durante o período de nidação e os efeitos do ninho no comportamento dos mais jovens.Falconiformes: Ordem de AVES de rapina de hábitos diurnos, compreendendo ÁGUIAS, GAVIÕES, galináceos, abutres e falcões.Vocalização Animal: Sons utilizados na comunicação animal.Tentilhões: Nome vulgar dado aos pequenos PASSERIFORMES (família Fringillidae) que apresentam bico curto e resistente (BICO) adaptado para triturar SEMENTES. Algumas espécies de tentilhões do Velho Mundo são chamadas de CANÁRIOS.Bico: Em alguns animais, as mandíbulas juntamente com seu revestimento córneo. O bico usualmente refere-se ao bico de pássaros, nos quais apresenta grande variedade de formato de acordo com a alimentação e hábitos de pássaro. Enquanto o bico se refere mais comumente aos pássaros, a contraparte anatômica é também encontrada na tartaruga, lula e polvo.Pardais: Familia Passeridae composta por pássaros pequenos, principalmente marrom e cinza, que se alimentam de sementes com seus bicos cônicos.GansosPatosColumbidae: Família (ordem COLUMBIFORMES) que abrange os pombos ou pombas. São AVES de pernas curtas, corpos robustos, cabeças pequenas e bicos finos. Alguns autores chamam as pequenas espécies de pombas e as grandes de pombos, porém os nomes são intercambiáveis.Cloaca: Cavidade dilatada que se estende em sentido caudal a partir do intestino posterior. Em aves adultas, répteis, anfíbios e muitos peixes, mas poucos mamíferos, a cloaca é uma câmara para dentro da qual os tratos digestório, urinário e reprodutivo descarregam seus conteúdos. Na maioria dos mamíferos, a cloaca dá origem ao INTESTINO GROSSO, BEXIGA URINÁRIA e GENITÁLIA.Pulmão dos Criadores de Aves: Forma de alveolite ou pneumonite devido a uma hipersensibilidade adquirida a antígenos aviários inalados, geralmente proteínas na poeira contida nas penas e nos dejetos de aves.Doenças das Aves Domésticas: Doenças das aves criadas como fonte de carne ou ovos, para o consumo humano, sendo normalmente encontradas em chiqueiros, granjas, etc. O conceito difere de DOENÇAS DAS AVES que se refere a doenças de aves não domésticas e são normalmente encontradas em zoológicos, parques e florestas.Corvos: Nome vulgar para aves grandes (ordem PASSERIFORME, família Corvidae). Estes pássaros negros, onívoros composto por espécies do gênero Corvus, junto com os corvos e gralhas (frequentemente chamadas de corvos).Filogenia: Relacionamentos entre grupos de organismos em função de sua composição genética.Especificidade da Espécie: Restrição de um comportamento característico, estrutura anatômica ou sistema físico, como resposta imunológica, resposta metabólica ou gene ou variante gênico dos membros de uma espécie. Refere-se às propriedades que diferenciam uma espécie de outra, mas também se usa para níveis filogenéticos superiores ou inferiores ao nível de espécie.Spheniscidae: Única família de pinguins (ordem Sphenisciforme, com 6 gêneros e 17 espécies). São aves aquáticas não voadoras do hemisfério Sul, altamente adaptadas para a vida marinha.Répteis: VERTEBRADOS de sangue frio que respiram ar pertencentes à Classe Reptilia, geralmente cobertos com escamas externas ou placas ósseas.Haemosporida: Ordem de protozoários heterogêneos nas quais o macrogameta e microgametócito desenvolvem-se independentemente. Geralmente o conoide é ausente.Aves Domésticas: Aves domesticadas criadas para alimentação. Caracteristicamente inclui GALINHAS, PERUS, PATOS, GANSOS e outros.Paleógnatas: Superordem de grandes aves não voadoras (maioria) denominados por sua distinta morfologia do PALATO. Inclui as ordens Apterigiformes, Casuriiformes, Dinornithiformes, REIFORMES; ESTRUTIONIFORMES e Tinamiformes.Comportamento Alimentar: Respostas comportamentais ou sequenciais associadas ao ato de alimentar-se, maneira ou modos de se alimentar, padrões rítmicos da alimentação (intervalos de tempo - hora de comer, duração da alimentação).Estações do Ano: Estações do ano: Divisões do ano de acordo com algum fenômeno regularmente recorrente, geralmente astronômico ou climático. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed) Variações sazonais: Diferenças sazonais na ocorrência de eventos vitais.Evolução Biológica: Processo de alterações acumuladas ao longo de gerações sucessivas através das quais os organismos adquirem características morfológicas e fisiológicas distintas.Ecossistema: 1) Sistema funcional que inclui os organismos de uma comunidade natural junto a seu ambiente. (MeSH/NLM)(Tradução livre do original: McGraw Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed) 2)Sistema aberto integrado pelos organismos vivos (inclusive o homem) e os elementos não vivos de um setor ambiental definido no tempo e no espaço, cujas propriedades globais de funcionamento e autorregulação derivam da interação entre seus componentes, tanto pertencentes aos sistemas naturais como aqueles modificados ou organizados pelo próprio homem. 3) Complexo constituído pelo biótopo e pela biocenose (Material III - Ministério da Ação Social, Brasília, 1992)Dinossauros: Nome genérico de duas ordens extintas (era Mesozoica) de répteis: Saurischia e Ornithischia.Coturnix: Gênero de AVES (família Phasianidae, ordem GALLIFORMES) que incluem as comuns codornas europeia e outras do Velho Mundo.Virus da Influenza A Subtipo H5N1: Subtipo do VÍRUS DA INFLUENZA A que apresenta as proteínas de superfície hemaglutinina 5 e neuraminidase 1. O subtipo H5N1 refere-se frequentemente ao vírus da gripe aviária que é endêmico em aves selvagens e muito contagioso entre AVES DOMÉSTICAS e selvagens. Frequentemente não infecta humanos, porém alguns casos já foram descritos.Estorninhos: Família dos ESTORNINHOS (família Sturnidae, ordem PASSERIFORMES) que inclui mainás e 'oxpeckers'.Animais de ZoológicoGeografia: Ciência que estuda a terra e sua vida, especialmente a descrição da terra, mar e ar e a distribuição da vida vegetal e animal, incluindo a humanidade e suas indústrias referentes às relações mútuas destes elementos. (Tradução livre do original: Webster, 3d ed)Dinâmica Populacional: Qualquer processo ou inter-relação de fenômenos que provocam mudanças em uma população.Mamíferos: Animais vertebrados de sangue quente pertencentes à classe Mammalia, incluindo todos os que possuem pelos e amamentam a prole.Comportamento de Retorno ao Território Vital: Padrões de atividade de instinto relacionados com uma área específica, p.ex., a capacidade de certos animais para retornar quando afastados de um determinado lugar, frequentemente de grandes distâncias, usando pistas de navegação como as usadas na migração (MIGRAÇÃO ANIMAL).Vento: Movimentação do ar relativa à superfície da terra.Fósseis: Restos, impressões ou traços de animais ou plantas de eras geológicas passadas que se mantêm preservados na crosta terrestre.Árvores: Plantas superiores, perenes, lenhosas e geralmente altas (Angiospermas, Gimnospermas e alguns Pterófitos), que possuem geralmente um tronco principal e numerosos ramos.Conservação de Recursos Naturais: Proteção, preservação, restauração e uso racional de todos os recursos ambientais.Radar: Método radioelétrico para determinar de uma única estação, a direção e a distância de um objeto (Material II - IDNDR, 1992)Densidade Demográfica: Número de indivíduos por unidade de espaço.Canários: Qualquer dos vários pássaros do Velho Mundo do gênero Serinus.Reprodução: O processo total pelo qual organismos geram a prole. (Stedman, 25a ed)Biodiversidade: A variedade de todos os órgãos vivos autóctones e suas diversas formas e inter-relações. (MeSH, 2010) Conteúdo vivo da Terra em seu conjunto, tudo quanto vive nos oceanos, nas montanhas e nos bosques. Encontramo-la em todos os níveis, desde a molécula de DNA até os ecossistemas e a biosfera. Todos os sistemas e entidades biológicas estão interconectadas e são interdependentes. A importância da biodiversidade fundamenta-se no fato de nos facilitar serviços essenciais: protege e mantém os solos, regula o clima e torna possível a biossíntese, proporcionando-nos assim o oxigênio que respiramos e a matéria básica para nossos alimentos, vestuário, medicamentos e habitações. (Tradução livre do original: Material IV - Glosario de Protección Civil, OPS, 1992)Estrigiformes: Ordem de AVES com as comumente chamadas corujas caracterizadas por bicos fortemente curvados, garras afiadas, cabeças grandes, olhos frontais e discos faciais. Embora sejam consideradas AVES PREDATÓRIAS noturnas, algumas corujas caçam durante o dia.Jacarés e Crocodilos: Grandes répteis de caudas longas, incluindo jacarés, da ordem Loricata.Cacatuas: Grandes AVES (família Cacatuidae) de crista, encontradas na Austrália, Nova Guiné, e ilhas adjacentes às Filipinas. O calopsita (espécie Nymphicus hollandicus) é muito menor.Falcões: Nome vulgar para muitos membros da ordem FALCONIFORMES (família Accipitridae) geralmente, menores que as ÁGUIAS e apresentam asas arredondadas, pequenas e uma cauda longa.Tamanho da Ninhada: Número da prole produzida no nascimento de animais ovíparos ou ovovovíparos.Periquitos: Nome vulgar de uma das cinco espécies de pequenos PAPAGAIOS de cauda longa.Muda: Queda periódica de PLUMAS, CABELO ou cutícula. A muda é um processo de esfoliação ou descamação, especialmente o desprendimento de um revestimento externo e o desenvolvimento de um novo. Este fenômeno permite o crescimento em ARTRÓPODES, renovação de pele em ANFÍBIOS e RÉPTEIS, e a eliminação da cobertura do inverno em AVES e MAMÍFEROS.AsaComportamento Sexual Animal: Atividades sexuais dos animais.Tamanho Corporal: Medidas físicas de um corpo.Psitacose: Infecção por CHLAMYDOPHILA PSITTACI (anteriormente Chlamydia psittaci), transmitida ao homem pela inalação do pó contaminado por secreções nasais ou por excreção das AVES infectadas. Essa infecção resulta numa doença febril caracterizada por pneumonite e manifestações sistêmicas.Vírus do Nilo Ocidental: Espécie de FLAVIVIRUS, do grupo VÍRUS DA ENCEFALITE JAPONESA que pode infectar aves e mamíferos. Em humanos, é observado mais frequentemente na África, Ásia e Europa, apresentando-se como uma infecção silenciosa ou febre indiferenciada (FEBRE DO NILO OCIDENTAL). O vírus surgiu pela primeira vez, em 1999 na América do Norte. É transmitido principalmente pelo mosquito CULEX spp (que se alimenta principalmente nas aves), mas também pode ser transmitida pelo mosquito do Tigre Asiático (AEDES albopictus), que se alimenta principalmente de mamíferos.Febre do Nilo Ocidental: Doença viral transmitida por mosquito e causada pelo VÍRUS DO NILO OCIDENTAL, (FLAVIVIRUS), endêmica para as regiões da África, Ásia e Europa. Entre as características clínicas comuns estão CEFALEIA, FEBRE, erupção maculopapular, sintomas gastrointestinais e linfadenopatia. Também pode ocorrer MENINGITE, ENCEFALITE e MIELITE. A doença, ocasionalmente pode ser fatal ou deixar déficits neurológicos residuais nos sobreviventes. (Tradução livre do original: Joynt, Clinical Neurology, 1996, Ch26, p13; Lancet 1998 Sep 5;352(9130):767-71)Proventrículo: Estômago glandular, de paredes finas (anterior à moela), encontrado em aves.Papo das Aves: Distensão fina da parede do trato digestório saliente do lado de fora da cavidade do corpo na extremidade distal do pescoço (esôfago), usado para o armazenamento temporário de alimentos e água.Bornaviridae: Família de vírus (ordem MONONEGAVIRALES) composta por um gênero (Bornavirus). Esta família apresenta uma forma única para processar o RNAm: a replicação e a transcrição ocorrem no núcleo.