0 votos
78 visitas
em Degeneração do Disco Intervertebral por
O laudo da minha RM da Coluna Lombossacra, feito em 21/05/2014:

Corpos vertebrais com altura preservada. Canal vertebral com diâmetros normais. Acentuação da lordose lombar fisiológica. Anterolistese grau I de L5, secundária a avançadas alterações degenerativas hipertóficas nas articulações interapofisárias de L5-S1. Alteração de sinal degenerativa no disco intervertebral em L5-S1. Pquena protrusão discal foraminal direita em L5-S1, tocando a respectiva raiz nervosa emergente. Cone medular tópico, sem alterações.

 

Conclusão: anterolistese degenerativa de grau I de L5. Discopatia degenerativa em L5-S1 com pequena protrusão discal focal foraminal direita. O estudo comparativo com o exame do dia 24/01/2013 evidencia resolução do edema dos pedículos de L5 e discreta progressão nas alterações osteodiscais degenerativas no nível L5-S1.

 

Tem mais...rs...

RM da coluna cervical feito no dia 21/05/2014.

Corpos vertebrais de configuração anatômica e estrutura normal. Retificação da lordose cervical. Alteração de sinal degenerativa dos discos intervertebrais em C5-C6 e C6-C7. Pequena protrusão discal posterior de base larga em C5-C6, tocndo o sado dural. Moderada protrusão discal posterior de base larga em C6-C7, com pequeno componente discal migrado inferiormente em situação subligamentar, comprimindo o sado dural. Articulações interapofisárias e uncovertebrais de aspecto normal. Medula de espessura preservada e intensidade de sinal normal. Emergência radiculares sem evidências de compressões.

Conclusão: discopatia degenerativa em C5-C6 e em C6-C7. Pequena protrusão discal posterior de base larga em C5-C6. Moderada protrusão discal posterior de base larga em C6-C7, com pequeno componente discal extruso migrado inferiormente. O estudo comparativo com o exame realizado neste serviço no dia 09/07/2013 evidencia redução dos componentes discais extrusos nos níveis C5-C6, bem como no efeito compressivo sobre a medula espinhal. Demais aspectos inalterados no intervalo.

Com tudo isso, minhas perguntas são: é sério? Sei que para a lombossacral eu teria que fortalecer a musculatura do abdomén e das pernas, mas...eu posso praticar atividade física? Eu hoje faço RPG e só. Não me liberaram para nenhuma outra atividade, até porque tive uma crise dia 19/05/2014, na cervical, por isso fiz esses exames, para avaliar o que houve. Nunca vi uma dor tão doída....afff. O neurocirurgão, com os exames passados, falou em cirurgia da cervical. Será mesmo necessário? Devo me submeter à cirurgia? E se não for preciso, que tipo de atividade física posso fazer além do Pilates que, aqui em Brasília chega a custar de 500 a 700 reais as aulas. Muito caro. Não tenho condições de bancar esse tipo de atividade por tempo indeterminado e mais o resto de obrigações financeiras que tenho. Eu poderia fazer musculação para a lombar? Muitas perguntas...Será que vão me responder????

Sua resposta

Seu nome (opcional):
Privacidade: Seu email será usado apenas para enviar estas notificações.
Verificação anti-spam:
Para evitar esta informação no futuro, entre ou cadastre-se.
Seja bem vindo a lookformedical.com, onde você pode fazer perguntas e receber respostas de outros membros da comunidade.

Categorias

11,9K perguntas

1,4K respostas

290 comentários

1,2K usuários

Limitação da responsabilidade: Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site.
...